fbpx
Traballhe no Canada com a Neway - Imigrantes PNP e CEC se saem melhor no mercado de trabalho afirma estudo

Imigrantes PNP e CEC se saem melhor no mercado de trabalho afirma estudo

Segundo estudo recente conduzido pela Statistics Canada em colaboração com a IRCC, imigrantes que obtêm residência permanente por meio do PNP e do CEC se saem melhor no mercado de trabalho do que aqueles que imigram por meio do FSWP e do QSWP.


Por que os imigrantes PNP e CEC se saem melhor no mercado de trabalho?

Em 18 de agosto, a Statistics Canada publicou dois novos estudos sobre o mercado de trabalho canadense, sendo o primeiro deles focado no quanto a experiência de trabalho canadense e o emprego pré-estabelecido podem afetar a demanda por trabalhadores em programas de imigração econômica.

Imigrantes PNP e CEC tendem a se sair melhor no mercado de trabalho porque é provável que tenham sido trabalhadores estrangeiros temporários no Canadá antes de se tornarem residentes permanentes.

Ganhar experiência canadense como residente temporário compensa quando você se torna um residente permanente.

Os trabalhadores temporários estrangeiros obtêm uma visão inestimável do que se espera deles no mercado de trabalho canadense.

Além disso, muitos trabalhadores estrangeiros temporários eram estudantes internacionais no Canadá que obtiveram uma autorização de trabalho de pós-graduação (PGWP).

Saiba mais sobre o PGWP neste outro post “PGWP: Vantagens oferecidas ao estudante no Canadá

Idioma

Nesse caso, eles provavelmente teriam vivido no Canadá por vários anos antes de obter o status de residente permanente. Isso significa que eles não apenas desenvolveram a capacidade de demonstrar o conhecimento que os empregadores estão procurando, mas também melhoraram sua proficiência no idioma.

Formação de qualidade

Isso sugere que buscar um caminho educacional no Canadá pode ser benéfico por uma série de razões, incluindo obter um diploma de alta qualidade, ganhar experiência de trabalho canadense, bem como ter resultados mais sólidos depois de se tornarem residentes permanentes, do que aqueles que não estudaram no Canadá.

O estudo também mostra que dois terços dos residentes permanentes selecionados pelo PNP eram trabalhadores estrangeiros temporários, assim como praticamente todos os selecionados pelo CEC.

Em comparação, os trabalhadores estrangeiros temporários representaram apenas um quarto dos selecionados por meio do FSWP ou do QSWP.

Experiência Canadense

A experiência canadense está se tornando cada vez mais importante para a imigração. Pesquisas anteriores mostraram que essa experiência é um forte indicador de que um candidato à imigração se integrará rapidamente ao mercado de trabalho canadense.

A grande maioria dos imigrantes PNP (93%) e imigrantes CEC (95%) encontrou emprego no primeiro ano completo após se tornarem residentes permanentes.

Para os imigrantes FSWP, é apenas ligeiramente menor, caindo para 80%.

Visto que muitos mais imigrantes PNP e CEC tinham experiência de trabalho no Canadá antes de se inscreverem para a imigração, isso também pode explicar por que esses grupos ganham mais do que os imigrantes FSWP, especialmente em seus primeiros anos como residentes permanentes.

Na verdade, os imigrantes CEC ganharam 56% a mais do que seus homólogos FSWP no primeiro ano completo após se tornarem residentes permanentes. No quinto ano, os imigrantes CEC ainda ganhavam 30% mais do que os imigrantes FSWP.

Os imigrantes PNP também tiveram rendimentos mais elevados no primeiro ano. No entanto, eles também tinham rendimentos significativamente mais baixos do que os imigrantes FSWP no quinto ano após a imigração.

Uma razão para isso pode ser porque os imigrantes PNP são mais propensos a serem selecionados para empregos de baixa ou média qualificação. Esses empregos, quando comparados aos de alta qualificação, tendem a apresentar crescimento lento dos ganhos.

É importante mencionar que os imigrantes FSWP ainda têm um bom desempenho no mercado de trabalho. Na verdade, pesquisas anteriores mostram que eles se integram rapidamente ao mercado de trabalho canadense.

Isso ocorre porque os imigrantes FSWP possuem características vitais que os ajudariam a ter sucesso no Canadá, como alto nível de proficiência no idioma e educação. Além disso, eles tendem a se sair melhor do que a população canadense depois de alguns anos.

Outro destaque é que este estudo contabiliza imigrantes da classe econômica entre 2009 e 2016.

Dado que o Express Entry foi introduzido em 2015, e os dados de resultados do mercado de trabalho não são tão abrangentes quanto os coortes de imigrantes anteriores, podemos ver que os imigrantes FSWP têm resultados econômicos mais fortes no futuro do que os coortes anteriores, dada a natureza competitiva do Express Entry.

Experiência de trabalho canadense vs. Trabalhos pré-arranjados

O segundo estudo descobriu que aqueles com experiência de trabalho canadense parecem ser um melhor indicador dos resultados do mercado de trabalho do que o emprego pré-estabelecido.

Na verdade, os imigrantes econômicos que tinham experiência canadense antes de se tornarem residentes permanentes se saíram melhor em 8% no mercado de trabalho do que aqueles que não tinham experiência de trabalho canadense.

Os imigrantes com empregos pré-estabelecidos ganhavam 15% mais do que aqueles sem, durante os primeiros dois anos após se tornarem residentes permanentes.

Isso pode explicar por que os candidatos à imigração que têm uma oferta de emprego pré-combinada recebem entre 50 e 200 pontos adicionais do Comprehensive Ranking System (CRS), dependendo da antiguidade da posição oferecida.

CRS é o sistema de pontos usado pelo sistema Express Entry para avaliar os candidatos que se inscrevem em um dos programas de imigração econômica do Canadá (FSWP, PNP e CEC, entre outros).

Além disso, os imigrantes que tinham uma alta renda no Canadá antes de se tornarem residentes permanentes ganhavam quase o dobro daqueles que não tinham experiência de trabalho canadense. Isso é verdade mesmo depois de considerar outros fatores, como educação.

O estudo também sugere que ter um emprego pré-estabelecido antes da imigração estava associado a um salário mais alto.

De modo geral, tanto a experiência de trabalho canadense quanto o emprego pré-estabelecido são indicadores importantes para os resultados do mercado de trabalho.

Ter experiência de trabalho canadense antes da imigração foi um bom indicador dos ganhos dos imigrantes após se tornarem residentes permanentes. No entanto, ter um trabalho pré-estabelecido não era.

Descubra se você é elegível para algum programa de imigração canadense clicando aqui.

Express Entry

Express Entry é o sistema que o governo federal usa para gerenciar os pedidos de residência permanente por meio de três programas de imigração econômica: o CEC, o FSWP e o Federal Skilled Trades Program (FSTP).

Os candidatos PNP ainda devem ser elegíveis para um dos programas acima, caso desejem receber um convite para se candidatar a residência permanente através do sistema Express Entry.

Os candidatos elegíveis para um dos três programas de imigração econômica entram no pool Express Entry e, em seguida, são avaliados e recebem uma pontuação CRS.

A pontuação é baseada em vários fatores, incluindo idade, experiência de trabalho, educação e proficiência no idioma. O IRCC realiza regularmente sorteios de entrada expressa, onde os candidatos de melhor classificação são convidados a se inscrever para residência permanente.

Conclusão

Apesar dos resultados terem demonstrado discretas diferenças quanto ao peso numa aplicação para residência permanente, vir para o Canadá como residente temporário, seja através de programa de estudos ou como trabalhador temporário continua se mostrado uma ótima maneira de obter a tão requisitada experiencia canadense.

É claro que sabemos o quanto isso pode ser difícil, pois para vir como estudante exige uma certa preparação assim como um investimento financeiro que nem todos podem contar a curto prazo. Por outro lado, vir como trabalhador qualificado exige um comprometimento pessoal e preparação de longo prazo, tendo de conciliar esse tempo e expectiva em seu dia a dia ainda no Brasil.

Para ambas situações será necessário planejamento e foco, o importante é ter em mente que o Canadá continua de portas abertas para aquele que desejam estar um passo a frente profissionalmente, seja iniciando a vida de imigrante como estudante internacional ou como profissional de carreira já estabelecida.

Se você faz parte desse grupo de pessoas conte nossa equipe de consultores para ajuda-lo em seu projeto.

 

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: