Guia completo: Custo de vida em Toronto

197 views

Toronto é o destino de grande parte dos brasileiros que querem fazer intercâmbio no Canadá ou imigrar. A primeira dúvida que surge a quem pretende viver em Toronto é sobre o custo de vida, afinal, a cidade é uma das mais caras para morar nesse país. Para saber se viver nesta cidade cabe no seu bolso, consulte este guia e conheça os principais elementos do Custo de Vida em Toronto para considerar no seu Plano Canadá.
André Salles
André Salles
Publicado em: 5 de janeiro de 2023

Atualizado em: 5 de janeiro de 2023

Você vai ver neste post...


Além da matéria, que você pode conferir ao longo deste post, também gravamos um vídeo sobre custo de vida em Toronto, mais precisamente sobre Moradia.

Assista abaixo:

O que considerar no custo de vida em Toronto

Se você está pensando em morar em Toronto, ainda que de forma temporária, já deve ter ouvido as pessoas falarem que o custo de vida é alto. De fato, ela é a segunda cidade mais cara do Canadá para se viver, principalmente se considerarmos a conversão do real para o dólar canadense. Contudo, ela continua sendo um dos destinos mais buscados por brasileiros, que conseguem realizar o sonho de ter uma experiência internacional ou de imigrar.

Se você quer se estabelecer na cidade de forma definitiva, é ainda mais importante saber quanto deverá prever de orçamento para estruturar um plano financeiro de imigração viável, conforme sua realidade e a de sua família.

Então, quanto custa morar em Toronto? Minha resposta é: depende. Sim, pois se você for solteiro e puder trabalhar em tempo parcial, seus gastos serão mais baixos; se, porém, você tiver planos de imigrar com seu(sua) cônjuge e filhos(as), a depender da sua configuração familiar, o custo de vida será mais alto, mas ainda assim pode caber no seu bolso. Dito isso, vou listar para você os principais fatores a que você deve se atentar para fazer dar certo o seu Plano Canadá.

Moradia em Toronto

A primeira preocupação das pessoas é, em geral, relacionada ao aluguel, pois costuma ser a maior despesa mensal. Para ter uma ideia de quanto você vai gastar, o primeiro passo é considerar seu perfil e o propósito da sua estada em Toronto.

Se for a curto prazo, para fazer um intercâmbio, por exemplo, e você vier desacompanhado(a), pode ser mais prático e vantajoso se estabelecer num local já mobiliado, num bairro perto da sua escola — que costuma estar em regiões centrais, próximas a comércio, restaurantes badalados, muita vida noturna e estação de metrô, embora isso possa elevar um pouco o preço do aluguel.

Leia também: “Intercâmbio no Canadá: 10 situações que você vai ter de enfrentar e como contorná-las

Mas, se você tem planos de imigrar e vir com cônjuge e filhos, essa escolha deve passar por outros fatores, como tempo de deslocamento até o local de trabalho, o college ou a universidade, opções de lazer e, sobretudo, de boas escolas para as crianças. Sim, o bairro que você escolhe para morar determina a escola em que elas vão estudar, então é importante considerar a classificação das escolas primárias e secundárias em Toronto para decidir em quais lugares buscar estrategicamente sua moradia.

Bom, já deu para perceber que o seu perfil, o propósito da mudança para Toronto e o estilo de vida são elementos que influenciam diretamente a escolha de uma casa para alugar, certo?

1

Na região metropolitana de Toronto, a média de aluguel para apartamento de um quarto é de $2,145 e, de dois quartos, $2,867, segundo dados da Toronto Regional Real Estate Board. Mas, claro, essa é apenas uma média. Quanto mais se afastar do centro, mais barato ficará. Você pode iniciar suas buscas nestes sites: Condos, Craiglist, Kijiji, Realtor e ViewIt.

Se você vier sozinho ou sozinha, dá para economizar compartilhando moradia com outras pessoas, que sublocam quartos. Alugando um quarto e dividindo as contas, suas despesas serão bem mais baixas. Caso venha com cônjuge e/ou filhos(as), e o plano for imigrar, é preciso analisar se viver em regiões mais longes do centro poderia compensar em termos de custo, tempo e qualidade de vida.

Ah, e devem ser somadas ao aluguel certas despesas adicionais, como água, aquecimento, eletricidade, internet e plano de celular, que pode ficar entre $150 e $300 por mês.

Saiba mais: conheça mais dicas de moradia em Toronto no bate-papo que tive com Otávio Golin, da Van Sweet Home.

Eletrodomésticos

Quando se aluga um imóvel, geralmente, já estão inclusos os principais eletrodomésticos, como fogão e geladeira. Caso não tenha, você pode comprá-los novos ou usados. Nos grupos de redes sociais há sempre alguém vendendo de segunda mão — ou doando — esses e outros itens, como micro-ondas, lavadora e secadora de roupa.

Mas, se decidir comprar tudo novo, considere gastar entre $500 e $800 em uma geladeira, uns $900 a $1,500 em um fogão e, caso não haja uma lavanderia compartilhada disponível, por volta de $2,000 em uma lavadora e secadora de roupas. Uma televisão de 32″ custa entre $200 e $500. O bom é que você terá esse tipo de gasto só uma vez, assim que chegar, e não mensalmente.

Transporte público na Região Metropolitana de Toronto

O transporte público de Toronto é todo integrado, então você vai contar com uma rede extensa de metrô, ônibus e bonde (streetcar) para se locomover até sua escola ou trabalho. O valor da passagem é $3.25 e o passe livre mensal é $156, mas se você for estudante pós-secundário ou universitário, ou seus(suas) filhos(as) tiverem entre 13 e 19 anos, o preço é $128.15. Já para crianças de até 12 anos, é gratuito.

Confira os valores atualizados no site oficial da TTC (Toronto Transit Commission).

Alimentação em Toronto

2

Em média, a compra básica mensal para uma pessoa fica por volta de $400, sem contar restaurantes e entrega de comidas preparadas. Quem cozinha em casa, em vez de fazer as refeições fora, consegue economizar bem mais ao levar sua marmita para almoçar — algo bastante comum no Canadá.

Saúde em Toronto

Para ter direito à saúde pública em Ontário, há vários requisitos. De modo geral, apenas quem é residente permanente ou o pedido já foi aprovado, ou trabalhador em tempo integral há pelo menos seis meses para uma empresa da província é que têm direito à saúde pública gratuita em Toronto. Mais informações podem ser encontradas no site oficial.

Então, se você é estudante internacional ou vai fazer um intercâmbio de inglês, prepare-se para contratar um plano de saúde privado, que cobre apenas emergências e custa por volta de $70 por mês (que devem ser pagos em parcela única o equivalente a 12 meses, conforme RBarros Assurances).

Leia mais: O que você precisa saber sobre a saúde pública no Canadá antes de chegar

Educação em Toronto

Se você pretende fazer um intercâmbio de inglês, um college ou uma universidade, esses gastos já devem estar contemplados no seu planejamento.

Saiba mais: Série de Vídeos sobre Estudos em Toronto

Para além disso, se você vier com filhos de até 4 anos de idade, é essencial prever custos com creche, pois ela é privada. Esse serviço consome uma boa parte do orçamento familiar, podendo chegar a $2,000 por mês no caso de uma creche em tempo integral, conforme as taxas no site da prefeitura de Toronto.

Já o ensino fundamental e o ensino médio, dos 5 aos 18 anos, não têm custo. Todos os filhos de residentes temporários e de estudantes internacionais matriculados em cursos de tempo integral podem frequentar gratuitamente as escolas públicas em Toronto.

Vestuário

As roupas do Brasil podem servir para todas as estações em Toronto, exceto no inverno. Apesar de a temperatura mínima normalmente não passar de 8º C negativos no inverno, as roupas devem ser adequadas à estação local, então o melhor é comprá-las quando chegar ao Canadá.

O kit de sobrevivência ao seu primeiro inverno deve ser, então, uma jaqueta, uma calça, um par de botas quentes impermeáveis, um par de luvas e um gorrinho. Há diversas marcas e preços, e até quem garimpe peças de ótima qualidade em brechós ou outlets, mas, de toda forma, sugiro destinar pelo menos $300 por pessoa para não passar aperto (= frio).

Se você for mais friorento(a), o ideal é se vestir em camadas e usar uma calça e uma blusa por baixo das roupas “principais”. Elas são bem finas, de fleece (tipo um soft), e ajudam a manter o corpo aquecido. Você encontra bons preços em lojas de departamento como Decathlon, Winners e outras. Reserve uns $50 por pessoa.

Lazer

3

Concretizar o sonho de viver em Toronto exige muito planejamento e sacrifícios, por isso mesmo que, ao chegar, é super importante cuidar da saúde mental. Celebrar cada conquista e aproveitar o que a cidade tem a oferecer fará com que aos poucos você se sinta parte da sociedade.

Então, reserve alguns momentos (e dólares) para o lazer. Além dos diversos parques e eventos gratuitos que acontecem por toda a cidade, ao longo de todo o ano, há algumas atividades nas quais você vai gastar um pouco. Ir ao cinema, por exemplo, pode custar $15 numa sessão regular. Jantar fora num restaurante simples pode sair por volta de $50. Conhecer a famosa CN Tower custará $43. Enfim, o que faz uma pessoa se sentir bem é algo pessoal, mas só nesses exemplos já deu para ter uma ideia de que estipular seus gastos com lazer ou seus limites mensais também pode ser planejado.

Despesas diversas

Como deu para perceber, para viver em Toronto é essencial traçar um planejamento financeiro. Logo no início, especialmente, os gastos são mais altos, pois pode ser necessário você ter que mobilizar sua casa inteira, comprar todos os itens de limpeza para a casa e roupas de inverno, além de eventuais taxas governamentais — mas que serão pontuais, não mensais. Haverá outras despesas que podem ser importantes para você, como frequentar uma academia de ginástica, que será por volta de $65. Então, reflita sobre o que é essencial para você e sua família nessa etapa e o que pode ser conquistado com o tempo, e trace um plano adequado à sua realidade.

Conclusão

Complementando minha resposta do início sobre o custo de vida em Toronto, tudo vai depender do seu estilo de vida, de onde escolher morar, da sua configuração familiar e, claro, do seu limite financeiro. Sempre haverá pessoas que ultrapassam a média geral, assim como famílias que priorizam outros fatores e conseguem economizar mais no dia a dia.

De toda forma, este gráfico representa uma proporção aproximada de gastos para uma família de dois adultos e uma criança pequena (sem considerar gastos iniciais como eletrodomésticos e vestuário):

blog grafico toronto
Gráfico com estimativa de gastos para uma família de 3 pessoas.

Espero que este guia te ajude a ter uma ideia mais clara do custo de vida em Toronto e a organizar seus planos. Assim, com um bom planejamento, é possível realizar seu sonho de morar em Toronto!

Agora que você já tem uma ideia mais clara dos elementos que envolvem o custo de vida em Toronto, fica mais fácil organizar a parte financeira, não é mesmo? Se precisar de ajuda para concretizar seu plano de intercâmbio ou de imigração, conte comigo e com a equipe da Neway for you!

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossos canais Instagram e Youtube, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

VEJA TAMBÉM
SIGA-NOS

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
PRÓXIMOS EVENTOS
Send Mail 1a

Já se cadastrou?

+10.000 inscritos em nossa newsletter, só falta você.

Information 1

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.