Guia de sobrevivência para os récem-chegados no Canadá

402 views

Você sabe quais são os primeiros passos ao chegar no Canadá? Como se virar nos primeiros dias? Que documentos são necessários para abrir uma conta no banco? Como alugar um apartamento? Como comprar passes do transporte público ou resolver a escola dos filhos? Essas são apenas algumas dúvidas que iremos tirar neste guia de sobrevivência para recém-chegados-chegados no Canadá. Continue lendo para descobrir como se virar em seus primeiros dias nas terras geladas do Norte.
Marco Vasconcelos
Marco Vasconcelos
Publicado em: 22 de dezembro de 2021

Atualizado em: 11 de janeiro de 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Além da matéria, que você também pode conferir um vídeo com André Salles (CEO Neway) e sua convidada Leila Diniz (Digital influencer do Guia de Montreal) dando várias dicas ouro para os recém chegados no Canadá.

Assista abaixo:

Cheguei no Canadá. E agora? Check List com tudo o que você precisa fazer para começar a vida por aqui

Sendo bem prático, esse post de hoje vai ser construído com base numa compilação das perguntas mais frequentes de nossos leitores e seguidores de redes socais. Esta FAQ também pode ser acessada em nossa sessão Perguntas Frequentes aqui em nosso site. Outra coisa, se você já assistiu a live acima com o André e a Leila falando sobre tema é bem provável que você já esteja ligado em alguns tópicos que irei descrever a seguir.

Para facilitar as coisas vou tratar do tema como uma FAQ geral, separando as tarefas na ordem em que devem ser resolvidos durante sua chegada. Seguir um roteiro é muito importante neste momento de recomeço, pois pode evitar alguns erros clássicos cometidos pelos desavisados.

Outro ponto importante a se destacar é o atual cenário de pandemia, com ele, muitos dos serviços que antes eram presenciais passaram para o modo online e assim facilitaram a vida de chega ainda se ajustando ao idioma, principalmente para aqueles que escolheram morar mais distante, sem tantas facilidades com o transporte público.

Alugando sua casa no Canadá, um capítulo a parte

Todas as dúvidas que irei reponder a seguir dependem da primeira resolução importante a ser tomada depois que estiver com seu visto aprovado em mãos. Isso mesmo, planejar sua moradia ainda estando no Brasil é uma das coisas que mais recomendo aos marinheiros de primeira viagem.

Eu fiz essa tarefa de casa pela metade, pois não pesquisei bem sobre bairros e escolas antes de vir, simplesmente fui morar perto de amigos quando cheguei, mas o que pode ser bom para uns não será o mesmo para outros, e esse foi o meu caso. Mudamos para outra cidade logo no ano seguinte.

Não que procurar um apartamento para morar depois que você desembarca no Canadá seja uma má idéia. Se você tem tempo e dinheiro para gastar com AIRBNB e não estiver chegando durante o inverno, esta pode ser uma opção.

A etapa da contratação do aluguel, que hoje está infinitamente mais simples do que quanto eu cheguei há 3 anos, ficou muito mais acessível a brasileiros, uma vez que o mercado de serviços imobiliários está mais esperto e preparado para oferecer mais facilidades para quem chega. Além disso, se você for do tipo que sente mais confortável sendo atendimento por brasileiros, há vários profissionais confiáveis já estabelecidos no Canadá.

Eu mesmo tive uma sorte danada de poder contar com a ajuda de amigos que já estavam estabelecidos em Quebec quando ainda estava preparando minhas malas no Brasil. Eles que acharam um apartamento para nossa família, resolveram nosso contrato de aluguel e até receberam alguns móveis que comprei pela internet. Também foram os nossos fiadores no contrato de locação evitando o ilegal, mas clássico, pedido de calção com 2 ou 3 meses de aluguel adiantado.

Vocês não fazem idéia do quanto pode ser complicado procurar um imóvel numa cidade que você não conhece, ainda mais com outro idioma e cultura totalmente diferentes do Brasil. Sem esquecer é claro do clima, só os bravos que chegaram no inverno como eu irão entender o que estou falando.

Apesar de ilegal como mencionei, a prática de calção é algo muito comum e conveniente para os donos de imóveis com inquilinos que acabaram de chegar ao país sem qualquer registro de crédito no Canadá, o chamado Credit Score. Esse tipo de pontuação de crédito pode levar até um ano para ser formada, isso se você já tiver um emprego.

Mas como eu disse, muita coisa mudou de 3 anos para cá e, durante esse tempo, muitas empresas viram uma oportunidade de explorar essa demanda oferecendo ainda mais conveniências para os vão chegar.

Como a questão moradia envolve muitos detalhes irei retirar-la desse post e recomendar a leitura dessas duas matérias em formato de guia. Nelas eu explico todos os detalhes sobre escolha da cidade e bairros para morar caso Montreal seja seu destino.

Leia também:

Resolvida esta etapa de moradia, vamos ao roteiro básico do recém-chegado com o Check List de tudo o que importante para evitar estresse em seus primeiros dias de Canadá.

Comprando móveis no Canadá, como fazer?

Este tópico vai ficar para um próximo post, mas você pode ir se divertindo acessando o site da IKEA para ter uma noção do que como será a sua casa por aqui nos primeiros anos. Essa é a loja de entrada de quase todos os imigrantes quando chegam. Tudo prático, acessível e com qualidade razoável nos mesmos moldes da Tok&Stok e Etna no Brasil.

Só não deixe de dar um pulo na Dollarama, você não vai acreditar no que é possível comprar com produtos de $1 a $4 dólares.

Qual é a primeira coisa que devo fazer ao chegar ao Canadá?

Sem dúvida, há muitas primeiras coisas importantes a fazer quando você chega por aqui, mas a principal delas será providenciar seu SIN Number (Social Insurance Number). Esse número é tipo o nosso CPF no Brasil e, sem ele, você não é ninguém por aqui. É como esse número que você consegue abrir conta em banco, contratar serviços essenciais como energia elétrica e linha telefônica (dois outros grandes pré-requisitos para poder ajuda-lo no resto do processo de chegada).

Como eu disse antes, com a pandemia, tudo ficou um pouco mais fácil e até mesmo mais rápido. Você pode aplicar online para emitir seu SIN diretamente no site governo clicando neste link aqui.

Para quem está no Quebec o SIN Number é chamado do NAS (Numéro d’assurance sociale). Grave esse nome, pois ele vão pedir em alguns casos.

Para ser elegível ao SIN você vai precisar de um endereço residencial fixo e um status válido no Canadá, seja através de uma permissão de estudo, trabalho ou seu RP, caso tenha chegado como residente permanente.

O tempo de processamento pode variar dependendo da época ou demanda, mas no geral não leva mais que duas semanas.

Aqui vai um alerta importante!

Uma outra informação importante sobre o SIN Number consiste num alerta de segurança. Uma vez que esteja de posse de esse número, o mesmo só deve ser fornecido a terceiros em casos especiais. Por exemplo, para abrir uma conta no banco ou quando precisar acessar serviços públicos como assistência social e outros (incluindo luz e telefone).

Desconfie de lojas que peçam esse número no momento em que você estiver fazendo um cadastro, você não é obrigado a fornece-lo.

E muito cuidado com os golpes por telefone! Eu não sei bem como eles conseguem, mas tenha a certeza que assim que contratar sua linha de celular, as famosas ligações fraudulentas irão começar.

Você pode vir a receber até 2 ou 3 chamadas no mesmo dia com centrais eletrônicas se fazendo passar pelo Service Canadá, Border Control Canadá, Renevue Canadá e outras mais informando que do seu número do seguro social foi clonado ou fraudado e que você precisa fazer um procedimento (informar seu SIN, endereço e dados pessoais) para resolver o problema. Nunca, jamais, em hipótese alguma! forneça seu número SIN ou dados pessoais por telefone a menos que tenha a certeza de que o serviço é real. E mesmo assim, o SIN só é solicitado quando você mesmo liga para fazer um cadastro em órgãos do governo.

Conheço algumas pessoas que foram vítimas desses golpes e passaram maus bocados com essa fraude, contraindo dívidas enormes ou complicando seu status no Canadá. As ligações são disparadas de dentro e e fora do Canadá, então fique atento.

Como faço para abrir uma conta em banco no Canadá?

Abrir uma conta no banco é uma das primeiras coisas que você precisa fazer quando você chega no Canadá depois que SIN Number estiver ativo.

É possível abrir sem o SIN? Sim, mas conta corrente será em outra modalidade e talvez com certas limitações a depender do banco. Muitos estrangeiros usam essa modalidade de conta como investidores e alguns imigrantes que estão para chegar usam essa conveniência para poupar tempo, lembrando que será necessário atualizar os dados assim que receber o SIN.

Abrir uma conta aqui não é difícil, e os bancos também abrem aos sábados e em horários pouco convencionais comparados aos doBrasil, o que facilita sua vida por aqui.

Principais bancos do Canadá

  • Desjardins
  • Bank of Montreal (BMO)
  • Bank of Nova Scotia (SCOTIABANK)
  • Canadian Imperial Bank of Commerce (CIBC)
  • Royal Bank of Canada (RBC)
  • Toronto-Dominion Bank (TD)

Você irá precisar dos seguintes documentos para abrir uma conta no banco no Canadá.

  • Comprovante de endereço;
  • Passaporte válido;
  • Um desses documentos de imigração emitidos pelo Canadá: Study permit, Work permit.

Pode ser que o banco de sua escolha exija algo a mais, sempre é bom perguntar quais os documentos necessários para ter certeza que você tem tudo o que é preciso.

Para saber como funciona o sistema financeiro no Canadá recomendo a leitura deste post aqui: Como gerir seu crédito e finanças no Canadá

Tipos de conta nos bancos do Canadá

CHEQUING ACCOUNT: Seria o nosso EQUIVALENTE A CONTA CORRENTE, essa conta é para as transações do seu dia a dia, permite que você faça saques e depósitos a qualquer momento. Normalmente o dinheiro parado na sua Chequing account não tem rendimento. Alguns bancos cobram uma taxa mensal de manutenção de conta, outros têm condições especiais para estudantes, então é bom pesquisar qual é o banco ideal para você!

SAVINGS ACCOUNT: Seria o EQUIVALENTE A NOSSA POUPANÇA, a savings account é para você colocar o dinheiro que não precisa usar no dia a dia. O dinheiro que ca nessa conta ca rendendo, e o banco repassa o rendimento mensalmente. A vantagem dessa aplicação é que você pode resgatar o seu dinheiro sem complicações.

US$ ACCOUNT Se você deseja manter suas reservas em USD, esse tipo de conta é ideal para você.

Credit card secured

O seu primeiro cartão de crédito canadense vai ser um SECURED CREDIT CARD. Como você é um recém chegado, não tem um histórico de crédito (credit score), ou seja, o banco não sabe dizer se você é uma pessoa responsável que tem controle sobre as suas finanças, então O BANCO RETÉM UMA QUANTIA EM DINHEIRO EQUIVALENTE AO CRÉDITO QUE É LIBERADO NO SEU CARTÃO, garantindo assim que sempre haverá dinheiro disponível para o pagamento.

Por exemplo, se você deixar $1.000 como garantia terá um crédito de $1.000 no seu cartão. Normalmente depois de 1 ano você consegue negociar com o banco para que eles devolvam o valor retido como garantia.

Como um cartão de débito provisório e uma conta aberta, você já pode fazer um deposito inicial e começar gerar seu histórico de crédito. Normalmente estudantes conseguem um crédito até razoável logo na aberta e assim podem usufruir cartão de crédito.

Não irei entrar em muitos detalhes sobre finanças no Canadá neste post, pois teremos uma matéria especial falando sobre o assunto em breve.

Para saber como funciona o sistema financeiro no Canadá recomendo a leitura deste post aqui: Como gerir seu crédito e finanças no Canadá

Como contratar sua primeira linha telefônica no Canadá?

Como terceiro item mais importante de nosso check list, ter uma linha telefônica é fundamental para sua vida funcionar por aqui. Ao contrário do Brasil, nada no Canadá se resolve sem que você agende antes. De médicos, restaurantes a serviços públicos como a escola de seu filho, tudo precisa de um appointment ou rendez-vous (para os Quequecos).

Como brasileiros, estamos muito acostumados a chegar no balcão e encaixar nosso atendimento para tudo. Não espere o mesmo tratamento por aqui. Se você não ligou antes, não tem o nosso jeitinho para ser atendido.

Existem algumas opções de planos de celular, e você deve pesquisar qual o plano que atenda melhor as suas necessidades. Os planos podem ser apenas de voz e dados, voz e mensagem de texto, pré-pagos, com ou sem aparelho, além de plano somente de dados.

De forma geral, o custo com telefonia e dados móveis no Canadá não é dos mais baratos. Linhas mais básicas sem a inclusão de aparelhos no pacote não saem por menos de CAD$ 30 por mês.

Você pode ver similar o custo numa operada econômica que uso neste link aqui.

Fizz
Fizz.ca

Quase todas as operadoras de celular oferecem pacotes de internet para sua casa, caso seu contrato de aluguel não inclua o serviço. Os preços podem começar a partir de CAD$ 40 para planos mais limitados.

As principais diferenças entre as operadoras são os aparelhos disponíveis e compatibilidade de modelos de aparelhos com a rede.

Principais operadoras

  • Bell
  • Rogers
  • Tellus
  • Fido
  • Virgin
  • Chatr
  • Wind
  • Koodo
  • PC
  • Freedom
  • Fizz

Transporte púbico, como comprar e usar os passes?

O Transporte público no Canadá é considerado de boa qualidade e acessível, desde que você more em um dos 6 grandes centros urbanos no país. De modo geral você terá acesso a ônibus e trem em cidades mais isoladas e grandes malhas de metrô em Montreal, Toronto e Vancouver.

Vale a ressalva de que nem todos os bairros são atendidos por linhas de metro nestas cidades, assim, fique esperto no primeiro tópico deste post onde falo de moradia, isso terá um peso enorme na sua qualidade vida no Canadá.

Em Montreal:

O metrô tem quatro linhas, 68 estações e é o sistema de metrô mais movimentado do Canadá em termos de uso diário. O metrô é operado pela Société de transport de Montréal (STM). A linha verde segue de leste a oeste, assim como a linha laranja em forma de ferradura em sua seção mais movimentada. Ambas as linhas verde e laranja passam pelo centro da cidade. A linha azul vai de leste a oeste ao norte de Mount Royal, e a linha amarela curta serve Longueuil e South Shore.

O metrô funciona aproximadamente até às 12h30 durante a semana e às 13h30 nas noites de sexta e sábado.

Os bilhetes STM também são válidos na extensa rede de ônibus que atende os vários bairros de Montreal.

FaresRegular PriceAge 6-17 and 65+Students 18-25ConditionValidity for 747 Airport bus
1 trip$3.50$2.50Regular priceValid the same day as purchase.No
2 trips$6.50$4.25Regular priceOne single user. Valid the same day as purchase.No
10 trips$29$16.5Regular price No
1-day pass$10Regular priceRegular priceUnlimited travel for 24 hours consecutive.Yes
Group fare$17.50Regular priceRegular priceOne adult and up to 10 children aged 6-13, valid for two hoursNo
Unlimited evening$5.50Regular priceRegular priceUnlimited travel between 6 p.m. and 5 a.m. the next morning.No
Unlimited weekend$14Regular priceRegular priceFrom Friday 4 p.m. to Monday 5 a.m.Yes
3-day pass$19.50Regular priceRegular priceConsecutive, until 11.59 p.m. the third day.Yes
Weekly pass$26.76$16Regular priceFrom Monday to Sunday until 11.59 p.m.Yes
Monthly$86.50$52$52From first to last day of the month, plus the first day of the next month.Yes
4-month passN/A$204$204  
Airport Mtl-Trudeau$10Regular priceRegular pricePurchase at airport / outside Berri-Uqam station / on board (coins only, exact fare)Yes

Comparado com sistemas semelhantes em outras grandes cidades, o transporte público de Montreal é comparativamente barato. É improvável que seu custo de vida em Montreal seja muito afetado se você planejar seu deslocamento diário e o equilíbrio entre trabalho / vida pessoal de maneira adequada.

Outros trens que servem os subúrbios externos são operados pela Agence métropolitane de transport (AMT) e têm preços diferentes dos serviços STM.

Os passes podem ser comprados nas estações ou online através do site e aplicativo. A recomendação é sempre optar pelo passe mensal, podendo ser comprado até 2 dias antes do início do mês.

Em Toronto:

O sistema público de transporte de Toronto é chamado de TTC (TORONTO TRANSIT COMMISSION) e opera ÔNIBUSMETRÔBONDE e SERVIÇO DE TRANSPORTE PARA PESSOAS COM MOBILIDADE REDUZIDA. Além disso, existe o serviço de FERRY que conecta as Toronto Islands, além do GO TRANSIT, que é o sistema de trem e ônibus que liga o centro aos subúrbios.

Usar o TTC é uma das maneiras mais fáceis de se locomover em Toronto, ALÉM DE SER MAIS BARATO QUE CARRO, É MAIS RÁPIDO. Existem algumas opções de passes:

PREÇOSADULTOSESTUDANTES (13-19) E 65+
1 PASSE (EM DINHEIRO)$3.25$2.10
1 PASSE (TOKEN OU PRESTO)$3.00 (MÍN. 3 POR $9.00)$2.05 (PASSES VENDIDOS EM MÚLTIPLOS 5 POR $10.25)
WEEKLY PASS$43.75$34.75
MONTHLY$146.25$116.75
METROPASS DISCOUNT PASS$134$107
DAY PASS$12.50
ESTUDANTES ENSINO SUPERIOR$116.75

Quer estudar no Canada?

Inscreva-se agora e receba nosso guia completo para estudantes internacionais. Da escolha da escola até a residência permanente, tudo o que você precisa saber.

Posso usar minha carteira de motorista do Brasil no Canadá?

Você pode usar a sua carteira de motorista no Canadá por um curto período de tempo, que pode ser diferente em cada província.

Em Quebec é possível dirigir por até 6 meses com um visto de turista ou permissão de trabalho.  Se estiver estudando, sua habilitação do Brasil será aceita por todo o período de seu curso.

Vale lembrar que para usar sua carteira de motorista do Brasil por mais de 6 meses no Quebec (com status de estudante) é necessário traduzir sua carteira no consulado brasileiro. Isso vai evitar problemas com a polícia se for parado. Você pode solicitar o serviço online neste link aqui.

Em Ontário, por exemplo, isso já não acontece, você pode dirigir com a sua carteira de motorista brasileira por até 60 dias.

Não vou entrar em muitos detalhes aqui porque tirar a carteira de motorista não chega a ser uma prioridade nesse momento de chegada, mas prometo que irei detalhar sobre este assunto em breve.

Coisas que preciso estar atento na hora de fazer supermercado no Canadá?

Além de abrir conta em banco, resolver telefone e outras coisas mais, você vai precisar comer, certo? Chegar no Canadá trazendo seus preciosos reais com essa cotação do câmbio leonina não vai deixar muitas opções em seu orçamento nos primeiros dias ou mesmo meses, principalmente na hora de fazer mercado. Fique atento as dicas a seguir para poupar alguns dólares em seus primeiros dias de Canadá.

Existem algumas opções para você fazer suas compras de comida e produtos de limpeza, ou como se diz no Canadá, GROCERY SHOPPING. Se você fizer compras em mais de um lugar, provavelmente você economizará no fim do mês.

Eu por exemplo, costumo fazer minhas compras em 4 ou 5 lugares diferentes para ajustar meu orçamento. Minha primeira dica é, fuja de lojas de conveniência ou mercado de bairro. Ter algo perto em dias frio e sem carro pode ser muito tentador, mas eles cobram o dobro ou mais pelos menos produtos que vai encontrar em supermercados maiores.

GRANDES MERCADOS como o COSTCO e o WALMART, geralmente se localizam em áreas menos centrais e mais remotas, sendo mais acessíveis por carro. Por outro lado, os preços são bastante competitivos e se você faz compra para uma família inteira vale muito a pena.

No Quebec, a rede Maxi & Cie é um grande aliado na economia com produtos de marca própria chamados no name. Ainda sobre o Quebec, temos a Dollarama, que é um verdadeiro canivete suíço, como tudo de $1 a $4 você consegue até mesmo montar um enxoval básico para casa, incluindo comida.

No name
Produtos No Name vendidos no Maxi e Cia. – Fonte: Maxi e Cia.

O Costco cobra uma anuidade para se tornar membro ($60 para o básico e $120 para o Black), mas o custo é recuperado já na primeira compra. Se tem uma família de 4 pessoas eu recomendo fortemente que faça sua carteira de membro (faça logo a opção do cartão black). É mais cara, mas eles te devolvem um cheque ao final no ano com o que você pagou de anuidade, além de vários benefícios que você pode ganha com cupons de desconto.

SUPERMERCADOS como o IGA e METRO, que têm tudo o que você precisa e você irá encontrar ao menos um deles no seu bairro. O preço dos produtos pode variar bastante de mercado para mercado, portanto se você quiser economizar sempre é bom ficar de olho nas promoções e comparar os preços dos produtos em diferentes mercados.

Eu diria que para estes, compre só quando for realmente necessário ou se você mora em menor número. Estes não são os mais baratos de Quebec. Eles fazem a linha das lojas do Pão de Açúcar no Brasil, com produtos mais refinados e preços mais sagrados. A única vantagem neles é o horário de funcionamento, geralmente vai até as 23h. Não sei em outras províncias, mas até quase tudo fecha às 21h durante a semana e às 17h aos nos finais de semana.

Os correiros entregam semanalmente jornais com as promoções dos principais mercados, existem alguns aplicativos para celular que te ajudam a acompanhar as promoções, como o Flipp.

Fora de Quebec

SUPERMERCADOS BARATOS como NOFRILLSFOOD BASIC e o BULK BARN, as opções nesses mercados são limitadas, mas o preço é muito baixo. O NoFrills faz price matching, ou seja, se você provar que outra loja está vendendo o mesmo produto mais barato eles reduzem o preço para ser igual ao do competidor.

PARA COMIDAS FRESCAS Existem inúmeros FARMERS MARKET (o mais similar às nossas feiras-livres) e Mercados locais, como o SAINT LAWRENCE MARKET em Toronto ou o GRANVILLE ISLAND PUBLIC MARKET em Vancouver.

PEQUENOS MERCADOS MERCADOS DE BAIRRO e LOJAS DE CONVENIÊNCIA (inclusive 24 horas, como o Rabba em downtown Toronto) em que você encontra de tudo.

Dica bônus (Bancos de alimentos)

Food Banks
Food Banks em Montreal. Fonte: Pesquisa no Google

No Brasil talvez isso soe estranho, mas aqui é mais comum do que se imagina. Eu, assim como muitos de meus amigos fizemos uso desses centros de ajuda a imigrantes. Eles literalmente salvam o nosso orçamento quando a família está com o orçamento apertado.

Existem vários desses bancos de alimentos no Canadá, e seu funcionamento é bem simples. Você para uma pequena taxa para se inscrever (algo em torno de $15 ou 20$ dólares) e eles te dão uma carteirnha de associado. Como ela, você tem direito de comprar um sexta básica por semana pagando valores muito baixos se comparado ao supermercado.

A oferta de produtos dessa cesta varia muito de entidade para entidade, mas no geral compensa bastante. Algumas fornecem carne, laticínios e até mesmo produtos de higiene pessoal.

E antes que você se pergunte se isso não seria uma beneficio para os pobres, eu respondo que não. Uma boa parcela dos canadenses fazem uso desses bancos alimentares para ajudar no orçamento quando as contas apertam. Quando chegamos ao Canadá, cada centavo que conseguimos economizar representa uma vitoria no processo de recomeço, pois as coisas podem levar um tempo para se ajustar nos primeiros anos por aqui.

Também recomendo acompanhar o perfil Guia Montreal com a Leila Diniz (Comercial Neway). A Leila trás dicas diárias sobre compras, promoções e diversão para quem tem Montreal como destino de imigração ou turismo.

Estou chegando com filhos no Canadá, como matricula-los na escola?

Por lei as crianças têm que frequentar escola, na grande maioria das províncias canadenses é obrigatório manter os filhos na escola desde o Kindergarten (Garderie no Quebec) até a conclusão do High School (Secundário no Quebec), aproximadamente dos 5 aos 17/18 anos a depender da província.

Filhos acompanhados de pais que possuam visto de trabalho ou estudo podem frenquentar a escola pública (gratuita) no Canadá. Para estes, não é necessário um visto de estudo, mas aconselho que o faça caso seus filhos já tenham mais de 5 anos, isso poupa muito tempo na hora de solicitar alguns serviços públicos.

Os pais podem escolher o tipo de educação que seus filhos irão receber nas seguintes modalidades:

  • Escolas Públicas (Gratuita)
  • Escolas Privadas (Pagas)
  • Home Schooling
  • Escolas com currículo em Francês ou Inglês (Província de Quebec)

Se você já estava para perguntar se seu filho pode estudar numa escola pública no Quebec com currículo em inglês a resposta é sim, mas é necessário analisar bem cada caso, pois esse é uma assunto que merece uma atenção especial se tem planos de se fixar nesta província. Recomento que entrem em contato nossos consultores educacionais para mais detalhes.

Leia também: Sistema educacional no Canadá: Seu guia completo

Matriculando seu filho na escola

Para matricular seu filho numa escola pública a primeira coisa a fazer é ENTRAR EM CONTATO COM O CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO SEU BAIRRO. Normalmente o Conselho de Educação controla algumas escolas, existindo, muitas vezes, a POSSIBILIDADE DE ESCOLHER A ESCOLA QUE SEU FILHO IRÁ ESTUDAR.

Se você está matriculando seu filho pela primeira vez no Canadá, a escola irá:

  • Avaliar no nível escolar;
  • Decidir em que nível ele vai estudar e, se vai precisar de apoio para aprender o inglês ou francês.

Na província do Quebec é necessário passar pelo chamado acolho, que pode durar até 2 anos antes da transição para escola regular, mas isso varia de caso para caso e também da idade de seu filho. Via de regra, quando mais novo ele for, menos tempo de adaptação ele terá de passar.

Em Montreal há várias comissões escolares espalhadas por distritos na cidade. Para maiores informações sobre como fazer o processo acesse este link aqui.

Para matricular seu filho na escola você precisará apresentar:

  • Certidão de nascimento (traduzida) e ou Passaporte;
  • Comprovante do status de imigração da criança e dos pais;
  • Comprovante de residência (conta de luz, extrato de banco ou contrato de aluguel);
  • Comprovante de paternidade ou Tutela da criança;
  • Carteira de Vacinação (Está não precisa de tradução em muitos casos);

Como fazer com filhos menores de 5 anos?

Existem algumas opções de cuidado para crianças que ainda não estão em idade escolar. O sistema de creches é bastante diferente do Brasil, começando na separação das crianças, que são divididas em 3 diferentes salas: INFANT: 0-18 MESES | TODDLER: 18 MESES -2.5 ANOS | PRESCHOOL: 2.5-5 ANOS.

Diferentemente da escola pública, os DAYCARES OU GARDERIES SÃO PAGOS, inclusive os daycares públicos. O preço varia dependendo da sala que a criança vai frequentar e o tipo de daycare escolhido. As opções de daycare são as seguintes: PUBLIC DAYCARE | PRIVATE DAYCARE | HOME DAYCARE.

Apesar do serviço ser pago, os DAYCARES PÚBLICOS TÊM VAGAS QUE PODEM SER SUBSIDIADAS pelo governo. O VALOR DO SUBSÍDIO DEPENDE DA RENDA FAMILIAR, podendo chegar a 100%.

Os daycares têm uma GRANDE FILA DE ESPERA PARA VAGAS NA SALA DOS INFANTS. A maior parte das pessoas já coloca o nome na lista de espera assim que descobre que está esperando um bebê. Vagas para toddler e preschool são mais fáceis, principalmente fora da rede pública.

Existem 2 TIPOS DE HOME DAYCARE, os LICENCIADOS e os NÃO-LICENCIADOS. Os licenciados seguem regras e regulamentações impostas pelo governo para garantir a qualidade dos serviços e segurança das crianças.

Assistência médica, o que eu preciso saber ao chegar?

Bom, imagino que a essa altura do campeonato você já tenha contratado um seguro saúde para cobrir suas despesas médicas caso esteja chegando por aqui. Se estiver vindo com uma Job Offer válida por mais de 6 meses o seguro saúde privado será necessário apenas para os primeiros 2 meses até que você aplique para seguro saúde de sua província.

Usando o serviço de saúde no Canadá

O sistema de saúde no Canadá é bastante diferente do Brasileiro. Caso você tenha a necessidade de ir a um médico, irá em um Médico de Família (o clínico geral no Brasil). Se ele achar que você precisa ir ver um especialista, irá te indicar um. Não é possível ir direto a um especialista sem a indicação prévia de um médico de família.

Nem sempre é possível conseguir um médico de família, mas existem inúmeras clínicas que aceitam pacientes novos, as chamadas WALK-IN CLINICS. As Walk-in Clinics atendem pacientes que não tem um médico de família ou que por alguma razão não conseguiram atendimento por eles.

Os médicos de família podem pedir exames e recomendar que você visite um especialista. Se você toma MEDICAÇÃO CONTROLADA, ou vê um ESPECIALISTA você deve ir a um médico de família o mais rápido possível para conseguir uma receita local para sua medicação e agendar uma consulta com o especialista.

Quem tem direito a saúde pública no Canadá?

  • Todos os cidadãos canadenses;
  • Residentes permanentes;
  • Residentes temporários (Portadores de um permissão de trabalho superior a 6 meses);
  • Atualmente no Quebec filhos portadores de um permissão de trabalho ou estudo que sejam menores de 18 anos.

Leia também: Filhos de imigrantes no Quebec agora tem direito ao seguro saúde facilitado

A exceção são imigrantes recém-chegados, estudantes internacionais e visitantes que devem pagar por si próprios as suas despesas médicas. O atendimento dentário não faz parte do sistema de saúde público no Canadá.

Recomendo a leitura deste post para mais detalhes sobre a saúde no Canadá: O que você precisa saber sobre a saúde pública no Canadá antes de chegar

Não tenho experiência com o frio extremo, vou congelar no Canadá?

Vestindo no inverno canadanse
Vestindo no inverno canadanse. Fonte: Banco de imagens.

O inverno canadense é motivo de preocupação para muita gente, tem gente que já começa a sofrer e ficar ansioso com isso antes mesmo de chegar no Canadá. Mas sendo bem sincero com você leitor, o frio não é o fim do mundo por aqui, a menos que esteja com roupa inadequada. Tudo bem que em alguns vai haver aquele frio que roupa não vai dar conta, mas eles são muito raros.

Além disso, o Canadá é um país imenso e as temperaturas variam muito dependendo de onde você vai se estabelecer. Para os brasileiros, mesmo para aqueles que moram no sul do país, o frio canadense pode causar estranheza, afinal, estamos falando de temperaturas que podem atingir mais mais de 20 graus negativos e durar por mais de 3 meses.

O mais importante é ter roupas adequadas, uma boa jaqueta, botas, luvas, gorro e cachecol e não ter medo de aproveitar as coisas boas que o inverno trás. Meu único alerta vai para aqueles que esperam que agasalhos do Brasil deem conta do recado por aqui.

Deixe pra comprar todas as roupas de inverno assim que chegar no Canadá. Além do preço mais acessível, casacos e acessórios feitos para o frio canadense possuem tecnologia para suportar temperaturas extremas.

É importante lembrar que mesmo estando gélido na rua, é só entrar em qualquer lugar fechado que em poucos minutos você se sente num país tropical (os canadenses mantêm os ambientes muito quentes durante o inverno).

As atividades de inverno também são muitos praticadas por aqui, como ski, snowboard, snowmobile, tobogganing, ou simplesmente, brincar com seus amigos na neve, o que faz com que o inverno seja muito proveitoso e divertido também.

O segredo é sempre estar com a roupa certa

E não estou falando de estar na moda, mas sim estar vestido adequadamente para o clima do momento e para a atividade que você irá realizar. Todos os lugares têm aquecimento, portanto, se você vai sair de casa, andar 5 minutos até o metrô e depois andar 2 minutos do metrô até a sua sala de aula, você não precisa colocar 2 calças, agora, se você anda 20 minutos até seu trabalho e está fazendo -20 graus lá fora, você pode ficar mais confortável se tiver 2 camadas de roupa nas pernas.

Anote o que deve incluir em sua lista de compras

CASACO DE INVERNO COM CAPUZ E IMPERMEÁVEL/RESISTENTE A ÁGUA: Os casacos que nós temos no Brasil não servem para o inverno canadense, mas qualquer casaco de inverno que você comprar aqui vai servir. A diferença é que se você comprar um casaco mais quente (e no geral mais caro) você pode vestir só uma camiseta por baixo, enquanto se você comprar um casaco mais em conta nos dias de frio intenso vai ter que vestir uma malha de lã por baixo.

BOTAS DE INVERNO: Não importa quantas meias de lã você coloque nos seus pés, se você não estiver vestindo um sapato com sola de borracha e isolamento térmico você irá passar muito frio nos pés. Portanto é necessário comprar uma bota para o inverno. É importante que a bota escolhida seja a prova d’água, tenha sola de borracha e tenha alguma insulação. Lembrando que o durante o inverno tem muito sal na rua, e ele é extremamente corrosivo, portanto se você quiser aumentar a vida útil da sua bota, é importante lavar o exterior com água doce sempre que der.

LUVAS: Hoje em dia existem muitos modelos que permitem que você use o celular com as luvas. A gente recomenda também sempre ter um par de luvas baratinhas do Dollarama na bolsa ou mochila para quando você esquecer as luvas em casa, ou perder elas no meio do caminho (sim, isso acontece mais frequentemente do que você imagina).

GORRO E CACHECOL: Proteger a cabeça, orelhas e pescoço é extremamente importante! Além disso, como você irá passar uns bons meses usando o mesmo casaco, o mesmo sapato, as pessoas expressam seu lado criativo e fashion nos gorros e cachecóis.

Finalmente, NÃO TER MEDO DO FRIO! Caminhar ao ar livre durante o inverno é importante inclusive para manter a sua saúde, já que os ambientes acabam tendo menos circulação de ar e nessa época do ano as pessoas cam mais doentes.

Lojas no Canadá onde você pode encontrar roupa de frio a preços mais acessíveis

É possível encontrar roupa de frio em quase todas as lojas de vestuário no Canadá. Não caia na besteira de entrar na primeira loja de casados que achar. Existem lojas mais especializadas e as lojas de grife onde um bom casaco não sai por menos de CAD$800 como a Canadá Goose.

Eu particularmente, prefiro as lojas de remarcação, esse grandes magazines vendem coleções de anos anteriores com grifes famosas como Tommy Hilfiger, Calvin Klein e muitas outras. É possível comprar com descontos de mais 50%.

Winners – https://www.winners.ca/

Marshalls – https://www.marshalls.ca/

Também recomendo o próprio Walmart ou Costco, há ótimas opções com preços bem acessíveis. Não se intimide com lojas de descontos nessa fase de sua chegada. O orçamento para roupas de inverno é considerado um investimento para se viver bem no Canadá, então tente ficar entre o bom e econômico. É possível comprar um casaco de inverno razoável por menos de CAD$ 100 e se virar com ele por muitos invernos aqui.

Lojas de produtos de segunda mão, brechós, sites como o Kijiji e o próprio Marketplace no Facebook podem ajuda-lo a ajustar suas contas nessa fase de recomeço.

Bônus: Coisas que você presisa saber sobre cultura e etiqueta no Canadá

O Canadá é um país maravilhoso para se estudar, trabalhar e viver. É amigável, seguro, calmo, e tem um alto padrão de vida. Eu, particularmente, gosto muito de viver aqui, mas isso não significa mesmo morando desde 2018 eu não esteja livre de pagar micos em relação a cultura local.

Viver por aqui não é algo tão desafiador para brasileiros, mas tenha em mente que você terá de abandonar alguns de nossos velhos hábitos para se adequar a vida canadense. Sendo assim, vou listar algumas coisas comuns na cultura local que precisa estar atento.

Seja educado, PLEASE (SVP), THANK YOU (MERCI), SORRY (DESOLE) são palavras que você irá usar mais do que você imagina. Na dúvida, seja excessivo, ser educado em excesso é sempre melhor do que passar por mal educado.

A sociedade canadense é bastante INCLUSIVA E OS CANADENSES RESPEITAM AS DIFERENÇAS culturais, etnias, religião, presença deficiência física ou mental e opção sexual, então não cometa o grave erro de fazer piadas com isso. Além extremamente desreispeitoso isso pode ser motivo suficiente para você perder seu emprego. Assédio de qualquer maneira é algo intolerável por aqui, então ria, não aponte e nem faça cara feia para coisas estranhas que vai ver por aqui.

O Canadá é formado por imigrantes, então se você quiser saber de onde alguém vem, ao invés de perguntar de onde a pessoa vem, pergunte WHAT IS YOUR FAMILY BACKGROUND? (qual a origem da sua família). Essa é a melhor forma de não cometer uma gafe social.

NÃO É COSTUME PECHINCHAR ou negociar preços, além disso, no Canadá não existe parcelamento como no Brasil. Isso só é válido para vendas de produtos usados. É importante ficar atento que os preços divulgados não contém imposto, na província do Quebec o imposto é 15% sobre produtos e serviços.

É ESPERADO DAR GORJETA em restaurantes, bares, cabeleireiros, e outros, o esperado é dar entre 15 a 25% dependendo do empenho que tem está atendendo. É importante lembrar que os preços nos bares e restaurantes não estão com taxa nem gorjeta, então se você comer um hambúrguer de CAD$ 10 irá pagar CAD$ 13 (15% de taxa + 15% de gorjeta).

E antes que ache isso um absurdo, pense com você mesmo. No dia quem estiver trabalhando em alguns desses serviços, mesmo que temporariamente, parte do seu salário vai depender das gorjetas, seja consciente.

Concluindo

Acho que consegui cobrir os tópicos mais relevantes para os recém-chegados, se faltou algo que não ficou muito claro, deixe nos comentários que eu irei atualizar o post assim que puder.

De resto, é isso ai. Seja bem vindo a vida no Canadá e a tudo que ela pode oferecer para você e sua família.

E lembre-se! Inscreva-se em nossa newsletter ou siga-nos em nossas redes socais para receber informações e notícias importantes sobre imigração, mercado de trabalho e estudos, tudo em primeira mão.

Nos vemos no próximo post.

Precisa de ajuda para imigrar para o Canadá? Conte com a larga experiência de nossos consultores regulamentos para auxilia-lo nesse processo. Entre contato conosco hoje mesmo clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

VEJA TAMBÉM
SIGA-NOS

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
PRÓXIMOS EVENTOS
CANADÁ EM PRIMEIRA MÃO

Inscreva-se em nossa Newsletter semanal

Notícias importantes sobre imigração, mercado de trabalho e estudo no Canadá.

Information 1

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.