fbpx
BANNER TEFAQ - TEFaQ: Preparação para o exame

TEFaQ: Preparação para o exame

Se você é estudante ou trabalhador estrangeiro e escolheu a província do Quebec para seu processo de residência permanente, é provável que já esteja familiarizado com os requisitos para se obter o Certificado de Seleção do Quebec (CSQ). Se este for o seu caso, você também sabe que precisará fazer um teste de proficiência em língua francesa. Neste artigo iremos explicar tudo o que você precisar saber sobre exame TEFaQ.


TEFAQ e PEQ, o que essas duas siglas tem em comum?

Para você que esta estudando ou trabalhando no Quebec e deseja aplicar para a residência permanente através dessa província, é importante saber que o Programa de Experiencia Quebecoise ou PEQ exige, além dos requisitos de formação e experiencia profissional, um nível de proficiência no idioma francês que deve ser comprovado através de uma certificação.

Dentre os certificados aceitos o MIFI, esta o TEFaQ e será nele que iremos focar neste post.

Saiba tudo sobre programa PEQ clicando aqui.

Ter conhecimento suficiente da língua francesa para viver e trabalhar em Quebec é uma das etapas que você terá de vencer antes de receber seu Certificado de Seleção do Quebec (CSQ), mas como fazer isso já estando aqui? Continue lendo de descubra como se preparar para este exame.

O que é TEFaQ?

TEFaQ significa Test d’Évaluation du Français au Québec (Teste de Avaliação de Francês Adaptado ao Québec), basicamente um exame linguístico que é usado para avaliar a compreensão e utilização da língua francesa por uma pessoa que vive no Quebec.

O TEFaQ é um dos muitos testes usados ​​por governos e universidades para avaliar se o candidato possui conhecimento lingüístico e capacidade para ser bem-sucedido em sua comunicação do dia a dia.

Leia também: “Quebec: Por que escolher esta província para imigrar?”

À primeira vista, isso pode parecer assustador, especialmente sem orientação, mas não procure mais, este guia detalhado vai ajudá-lo a atingir seus objetivos de passar no exame TEFaQ e de quebra, otimizar seu processo de imigração.

Neste guia para o TEFaQ, usaremos a abordagem linha do tempo e, dependendo do seu nível de francês, esta linha do tempo será diferente. Se você é um iniciante ou um falante nativo de francês, você está no lugar certo. Forneceremos recursos para ajudá-lo a ter sucesso com base em sua proficiência.

Composição de teste TEFaQ

Este exame é composto por quatro partes. Você pode pode passar em todos os quatro, mas apenas dois são exigidos pelo governo de Quebec. Você pode fazer cada teste separadamente e assim obter um resultado para cada habilidade.

  • Compreensão Oral, 60 perguntas, 40 minutos
  • Expressão oral, 2 tópicos, 5 minutos de preparação, 15 minutos
  • Compreensão escrita, 50 questões, sessenta minutos, OPCIONAL
  • Expressão escrita, 2 tópicos, 60 minutos, OPCIONAL

Compreensão oral

A compreensão oral (componente de escuta do teste) é um áudio gravado que você ouve e responde às perguntas correspondentes. Começa com perguntas mais fáceis e fica mais difícil à medida que o exame prossegue.

Em algum momento, você pode pensar que a qualidade do áudio está ruim, mas na verdade, o que ocorre é que você acabou de atingir seu nível. Se isto acontecer, não desista, você ainda pode entender algumas partes das conversas.

Expressão oral

Para a expressão oral (componente oral do teste), serão dados dois tópicos. Normalmente, um é um tópico de conversa em que você falará com o examinador sobre algo. Um exemplo poderia ser reservar algo para as suas férias. O examinador desempenha o papel de agência de viagens e você explica o que procura e faz perguntas sobre preços, localização, atividades, etc.

O segundo é normalmente um cenário convincente onde você dá sua opinião, justifica ou explica algo para convencer o examinador a fazer algo. Você terá cinco minutos para se preparar antes de iniciar a conversa com o examinador.

Gráfico de pontuação TEFaQ

De acordo com o “Quadro Europeu Comum de Referências para Línguas”, também conhecido como QECR, existem seis níveis de competência na aprendizagem de uma nova língua.

Esses níveis são classificados da seguinte forma: A1, A2, B1, B2, C1, C2. O nível necessário para passar no requisito de imigração é B2. O CEFR define o nível B2 como alguém, “pode compreender as ideias principais de um texto complexo tanto em tópicos concretos quanto abstratos, incluindo discussões técnicas em sua área de especialização.

Pode interagir com um grau de fluência e espontaneidade que torna possível a interação regular com falantes nativos, sem esforço para nenhuma das partes. É capaz de produzir texto claro e detalhado sobre uma ampla gama de assuntos e explicar um ponto de vista sobre um assunto atual, dando as vantagens e desvantagens de várias opções ”.

Diferença entre TEFaQ e outros testes

Cada teste de proficiência no idioma é elaborado por uma organização diferente. Todos eles testam seus conhecimentos nas quatro habilidades do idioma. A diferença está normalmente nos detalhes de execução, preços, datas, etc.

TEFaQ vs TEF

Tanto o TEFaQ quanto o TEF são projetados, organizados e gerenciados pela mesma organização. Uma grande diferença entre o TEFaQ e o TEF é que o TEFaQ foi projetado especificamente para Quebec. Algumas das questões de escuta podem ser com sotaque quebequense ou discutir algo relacionado à região.

TEFaQ vs TCF

TCF é um teste completamente diferente, mas quando você olha para os detalhes, descobre que ele tem muitas coisas em comum com o TEFaQ. No teste de escuta, o TCF tem pontos negativos se você der uma resposta errada, mas o TEFaQ apenas conta as respostas corretas.

Recomendamos não responder a perguntas sobre as quais você não tem certeza no TCF. Para o teste de fala, você tem 5 minutos de preparação antes de começar no TEFaQ, mas o TCF inicia o teste com uma auto-apresentação e conversa. No TCF você obtém mais perguntas e o propósito de cada pergunta é avaliar um determinado nível. As perguntas e conversas do exame ficam mais longas e abstratas conforme você avança.

Plano para preparação de TEFaQ

Um dos aspectos mais importantes da preparação para o TEFaQ é criar um cronograma para estudar e fazer o exame, pois muitos aspectos estão envolvidos. Se você tem um prazo para quando este teste deve ser feito, você vai querer começar a planejar a conclusão do TEFaQ hoje. Estas são as datas importantes que você precisa marcar em seu calendário:

  • O dia em que você precisa do resultado do TEFaQ;
  • O dia em que você tem que fazer o teste. Recomendamos o planejamento para dois testes;
  • O dia em que você interromper as aulas de francês e começar a se concentrar nas técnicas de teste;
  • O dia em que você começar a aprender francês (definitivamente hoje);

Estratégia para iniciantes sem conhecimento de francês para o TEFaQ

Se você é alguém que tem pouca ou nenhuma experiência em francês, esse processo demorará mais. Primeiro você precisa aprender o idioma. Dependendo do seu compromisso e intensidade do cronograma, pode levar de 6 meses a dois anos para chegar a um nível que esteja pronto para fazer o teste.

Se você vai fazer um curso regular para aprender francês, pode levar mais tempo. Recomendamos fazer cursos focados no vocabulário e nas habilidades de que você precisa para o teste. Esses cursos omitem as partes que você não precisa para reduzir o tempo para a pontuação B2.

Estratégia para falantes intermediários ou avançados de francês

Quando estiver pronto para fazer o teste, você deve aprender sobre o teste e as técnicas para ter sucesso. Você precisa fazer alguns testes de simulação para avaliar seu nível e superar seu medo do dia do exame.

Algumas escolas de idiomas oferecem cursos para prepará-lo para o teste. Faça alguns testes de simulação com eles antes do verdadeiro e pratique as técnicas. Consulte as escolas que são centros de avaliação se achar que não precisa de um curso de preparação ou aula para o TEFaQ.

Escolas e cursos para preparação para o TEFaQ

Muitas escolas de idiomas em Montreal oferecem cursos de francês, mas algumas se concentram na preparação e nos testes do TEFaQ, então é bom ter cuidado na escolha para não perder seu tempo, afinal, o prazo para submeter sua aplicação para o CSQ esta contando a partir do momento que você põe seus pés no Quebec, atingir o nível B2 leva tempo e foco.

Precisa de ajuda para escolher o melhor custo preparatório para o TEFaQ? Entra em contato com agente hoje mesmo clicando aqui.

Aulas com professor particular

Sim, não podemos deixar de mencionar que professores particulares dão aquela ajudinha extra em seu processo de aprendizado, basicamente em razão da atenção exclusiva. Além de um plano focado em corrigir suas deficiências, eles podem ajuda-lo com fatores motivacionais, atuando da mesma forma que um personal trainer em um programa fitness.

Esse pode ser um dos pontos fortes de sua preparação, desde esteja disposto a gastar (investir, melhor dizendo) alguns dólares a mais em seu programa de estudo. Nossa única ressalva para os professores particulares é no quesito especialização. Assegure-se de que ele é realmente um especialista na preparação desses exames, não importa se ele é francês ou quebecoise nativo.

A francisação oferecida pelo governo do Quebec vai me ajudar passar no exame TEFaQ?

Vai ajuda-lo um pouco, mas não aconselhamos que a utilize como única fonte de aprendizado se seu objetivo é o TEFaQ. De modo geral, aulas de francês neste programa de integração oferecido pelo MIFI entregam apenas noções básicas do francês, uma vez que não há homogeneidade entre os alunos de uma mesma turma, deixando a evolução do programa muito lenta.

É comum verificar que apenas uns poucos alunos conseguem atingir o nível B2 em turmas de francisação cujo nível seja intermédio avançado, exatamente porque o objetivo do curso é apenas integrar o imigrante a situações do cotidiano quebequense.

Além disso, o programa também aborda as quatro competências lingüísticas já mencionadas, dessa forma, você perderá perder o foco para o que é realmente importante no exame. Se tempo é algo que você não tem, esqueça esta opção por enquanto.

Concluindo

A preparação para qualquer exame de certificação exige tempo, dedicação e foco, então, mesmo com todas as dicas e opções de que demos aqui neste post, passar no exame dependerá exclusivamente de você.

Lembre-se, seu tempo como residente temporário no Canadá, seja estudando ou trabalhando, não para de contar. Se você realmente tem planos de ficar por aqui, comece o quanto antes a se preparar para o exame.

Também não podemos deixar de mencionar que, leis de imigração mudam constantemente e a medida que mais pessoas chegam ao Quebec, mais concorrentes ao CSQ nos teremos. Nada impede que o governo da província comece a considerar que o nível B2 no francês não seja mais suficiente para imigrar, mudando as regras dos jogo para os novos candidatos a residência.

Leia também: “PEQ: Agora é oficial, o que muda com as novas regras”

Precisa de ajuda para escolher o melhor custo preparatório para o TEFaQ? Entra em contato com agente hoje mesmo clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: