Estudar no Canadá: como escrever uma carta de apresentação | Neway for you

Estudar no Canadá: como escrever uma carta de apresentação

97 views

Você já tem um college ou universidade perfeita em mente para estudar no Canadá, mas não tem certeza de como escrever a carta de apresentação perfeita? Não se preocupe, se não esta conseguido vencer essa etapa de seu processo de aplicação este post vai ajuda-lo nessa tarefa. Existem alguns truques para escrever uma carta eficaz para apresentação sua inscrição a uma Instituição de ensino canadense.
Atualizado em: 8 de julho de 2021
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O que é uma DLI?

Antes de começarmos, é importante deixar claro o que é significa uma Instituição de Aprendizagem Designada ou DLI. Pois bem, uma DLI é basicamente uma universidade ou faculdade (college) aprovada pelo governo canadense onde os alunos internacionais podem se inscrever para obter uma qualificação de ensino pós-secundário através de um programa de estudos.

Existem mais de 300 para escolher em todo o país. Diferentemente do modelo educacional brasileiro baseado num sistema de pontos, o modelo canadense utiliza um sistema baseado em meritocracia, quer dizer, seu histórico escolar e vários outros critérios subjetivos serão julgados antes da instituição de ensino decidir se quer ou não você como aluno. Dentre os critérios subjetivos avaliados está a carta de apresentação e, redigi-la de forma correta fará toda a diferença em seu processo de aplicação.

Atualmente, existem mais de 530.500 estudantes internacionais no Canadá e a cada ano são emitidos mais de 400.000 novos vistos de estudo canadense. Desses, cerca de 60% dos planejam se inscrever para residência permanente depois de se formarem segundo dados o Statistics Canada.

E você? Já está pronto para dizer à sua universidade ou college preferido por que eles devem aceitar sua inscrição?

A maioria dos programas de mestrado no Canadá exige o envio de uma carta de apresentação com sua inscrição. Os departamentos de admissão levam isso muito a sério, pois essas cartas falam de seu caráter, objetivos, ambições e compromisso.

Mas o que é exatamente uma carta de apresentação?

Uma carta de apresentação ou carta de motivação é uma parte importante do processo de inscrição em um universidade ou college internacional. A cartão tem a função de explicar ao recrutador as razões pelas quais você acreditar ser um bom canditado para determinado programa de estudos, bem como você chegou a essa decisão. Essencialmente, uma carta de apresentação bem escrita pode ser a diferença entre ser aceito ou não.

É importante observar que a carta também pode ser referida como uma declaração de propósito, mas que também contenha elementos de uma declaração pessoal. Mesmo que ambas as partes tenham elementos pessoais, uma declaração pessoal é mais focada em seu passado, enquanto uma carta de apresentação se concentrará em seus planos futuros

Quais sãos as etapas para redigir uma carta de apresentação?

Etapa 1: Pesquisar os requisitos da universidade ou college

Antes de começar a escrever qualquer coisa, pesquisa o máximo que puder sobre a instituição escolhida, bem como o programa ao qual pretende se inscrever. Certifique-se de anotar todos os requisitos obrigatórios, bem como quaisquer expectativas que eles possam ter em relação às qualificações e às qualidades que procuram nos candidatos.

Dê uma olhada em algumas das principais atividades e projetos da universidade e certifique-se de estar alinhado com os interesses da universidade.

Etapa 2: Lista dos pontos principais

Antes de começar a escrever, certifique-se de anotar os pontos principais que deseja abordar em sua carta de apresentação para estudar no Canadá. Abaixo estão algumas dicas sobre como abordar esta etapa de planejamento:

Tópicos de planejamento para abordar em sua carta;

  • Escreva as ideias principais;
  • Tenha um objetivo claro, faça com que o recrutador entenda isso rapidamente em sua carta;
  • Inclua seus pontos de interesse relativos ao programa e instituição;
  • Concentre-se nas qualificações mais fortes e relevantes, experiências internacionais anteriores (caso as tenha) e qualidades que você possui;
  • Mantenha sua carta curta e concisa (de meia página a uma página no máximo);
  • Escolha uma estrutura de 3 ou 5 parágrafos;
  • Inclua fontes de inspiração na vida – o que o colocou em seu caminho atual;
  • Faça um resumo dos pontos principais quanto ao seu objetivo neste programa, ou seja, porque você deve ser aceito no programa.
  • Última dica: Em seu parágrafo final, certifique-se de reafirmar seu interesse e mostrar apreço pela oportunidade de se inscrever. Você pode até pedir uma entrevista pessoal, mas certifique-se de mantê-la curta e direta.

Dicas e tópicos que podem respaldar os motivos pelos quais você quer estudar no Canadá

Ao fornecer as razões para se inscrever, preste atenção em como você expressa suas intenções e razões para estudar no exterior. Por exemplo,

Evite frases como:

  • Eu só queria sair do meu país.
  • Quero conhecer e me casar com alguém “internacional”.
  • Meu amigo tentou e parecia divertido.

Em vez disso, diga:

  • Prevejo o desenvolvimento pessoal e profissional a partir de uma experiência internacional.
  • Tenho um profundo interesse pela cultura, história e língua do país, que estou animado para continuar a explorar e vivenciar.
  • Como alguém que se orgulha de sua capacidade de se comunicar através de culturas, acredito que seria a escolha perfeita para um programa que incorpora alunos de todo o mundo.

Dicas sobre a experiência de trabalho no exterior

Muitos recrutadores avaliam se os estudantes internacionais têm ou não a experiência certa e se estão preparados para enfrentar os desafios de viver e estudar no exterior. Aqui estão algumas ótimas maneiras de transmitir isso,

Jamais use frases como:

  • Nunca viajei ou morei no exterior, mas acho que vou gostar.
  • Minha última experiência não foi boa, mas estou esperando que desta vez seja diferente.

Em vez disso, diga:

  • Embora nunca tenha vivido ou estudado no exterior antes, adoro viajar e conhecer novas culturas e, portanto, estou procurando uma oportunidade de expandir meus horizontes enquanto faço algo que amo.
  • Embora eu nunca tenha estado no exterior, fiz muitas pesquisas para me assegurar que este país é o lugar certo para meu projeto.
  • Também espero pelo desafio de viver e estudar de forma independente no exterior, tenho certeza de que estou pronto para enfrentar esse desafio.

Dicas para transmitir sua personalidade

Provavelmente, você não será o único estudante internacional na instituição que escolheu. Quer sejam introvertidos ou extrovertidos, os recrutadores precisam saber que você será capaz de se ajustar ao seu novo ambiente e lidar com interações multiculturais com maturidade.

Evite frases do tipo:

  • Sou do tipo brincalhão e bastante comunicativo, então eu sei que vou fazer amigos facilmente.
  • Pretendo manter-me reservado para não incomodar ou ofender ninguém.

Em vez disso, diga:

  • Eu sou o tipo de pessoa que se dá bem com os outros por ser aberto, levo bem a sério a opinião das pessoas, assim como suas crenças.
  • Acima de tudo, orgulho-me da minha sensibilidade cultural quando me vejo na companhia de outras pessoas que não partilham uma formação semelhante à minha.

Etapa 3: torne-a pessoal

Ao escrever sua carta de apresentação, é importante mostrar ao comitê de admissão um pouco de personalidade e dar-lhes algumas dicas sobre quem você é. Ler carta genérica após carta genérica pode ser bem cansativo e você quer se destacar entre as milhares de inscrições, certo? Para ter a certeza de que estará entre os 400.000 alunos escolhidos todos anos! trabalhe a partir de algum modelo já testado, esta é uma maneira eficiente de se destacar e reduzir o risco de sua aplicação ser rejeitada.

Não existe um formato padronizado real, mas ele pode ser adaptado de acordo com seu perfil. Clique aqui para saber como criar uma carta de apresentação perfeita.

Etapa 4: torne-a profissional e consistente

Quando se trata de aparência, formato, estilo, comprimento ou gramática, a primeira impressão é o que mais importa e, como estudante internacional, esta é a oportunidade que você terá não apenas de conseguir uma entrevista, mas de ser potencialmente aceito!

Certifique-se de verificar a ortografia, verifique se há inconsistências, como diferentes estilos e tamanhos de fonte, bem como erros de digitação. Mantenha as frases o mais curtas possível e tente não usar frases muito complicadas. Além disso, revise sua carta para garantir que você não se repita desnecessariamente.

Quer estudar no Canada?

Inscreva-se agora e receba nosso guia completo para estudantes internacionais. Da escolha da escola até a residência permanente, tudo o que você precisa saber.

Etapa 5: obter feedback

Se você não tem certeza de alguma coisa, não custa nada obter uma segunda opinião de alguém em quem você confia, seja de um amigo, membro da família ou de alguém que já ê screveu uma carta apresentação antes. Certifique-se de que seu entusiasmo transparece em sua carta. É esse sentimento de desejo e ambição que mais do que provavelmente vai conquistar o departamento de admissões da universidade ou college.

Se você precisa de orientação em seu processo de aplicação é possível contar a experiência profissional de especialistas no assunto. Clique aqui para saber mais sobre esse tipo de profissional.

Como aplicar para uma universidade ou college no Canadá?

Ao se inscrever para estudar no Canadá, você precisará de uma carta de confirmação da sua universidade ou college. Esta deve ser uma Instituição de Aprendizagem Designada (DLI). Estudar em um DLI lhe dará acesso para permanecer e trabalhar no Canadá, se desejar.

Lembre-se, você já pode começar a acumular essas horas de experiência canadense trabalhando até 20 horas por semana como estudante, em tempo parcial ou integral durante os períodos de férias. Ter experiência de trabalho no Canadá o ajudará a procurar um emprego mais tarde.

Para solicitar um visto de estudo no Canadá, tudo o que você precisa é:

  • Carta de aceitação (Obtida após sua aplicação para um programa de estudos);
  • Um passaporte ou documento de viagem válido;
  • Prova de que você pode se sustentar durante sua estadia no Canadá.

LEIA TAMBÉM: Como planejar um orçamento para estudar no Canadá em 2022

Dando o próximo passo

Fazer a escolha de estudar no Canadá é um grande passo e, ao fazê-lo, você deseja garantir que não apenas atendeu a todos os requisitos, mas também causou uma boa impressão dando o seu melhor. Existem desafios que você enfrentará não apenas como estudante internacional no Canadá, mas também como estrangeiro em um novo país.

Os melhores passos que você pode tomar ao solicitar seu visto de estudante do Canadá é certificar-se de que cumpre os requisitos do DLI e enviar uma carta apresentação que comunique claramente suas intenções, seu objetivo e seus motivos para estudar na instituição escolhida.

Agora que já tem uma idéia de como fazer, boa sorte!

Nos vemos no próximo post!

Conte com ajuda de um especialista para seu processo de admissão em universidade canadense. Clique aqui e descubra como iniciar essa emocionante jornada acadêmica no Canadá.

Modelo de Banner Blog Coaching Academico
Modelo de Banner Blog Coaching Academico

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhe
Compartilhar no linkedin
Compartilhe
Compartilhar no telegram
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Compartilhe
VEJA TAMBÉM
SIGA-NOS

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
PRÓXIMOS EVENTOS
Send Mail 1a

Já se cadastrou?

+10.000 inscritos em nossa newsletter, só falta você.

Information 1

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.