fbpx
resctricoes de voo canada - Viagens para o Canadá e COVID-19: últimas atualizações

Viagens para o Canadá e COVID-19: últimas atualizações

O Canadá estendeu mais uma vez a ordem de emergência que proíbe a entrada da maioria dos estrangeiros até pelo menos 30 de novembro. A prorrogação da ordem de emergência continua com as mesmas restrições e isenções em vigor nos últimos meses, mas agora inclui pequenas adições. Continue lendo para mais detalhes.


E a espera continua

O Canadá estende a proibição de viagens internacionais até pelo menos 30 de novembro. A única exceção continua sendo os Estados Unidos, que têm uma proibição de viagens separada em vigor até pelo menos 21 de novembro.

A extensão do fechamento da fronteira era esperada, já que ambos os países combatem o número crescente de infecções por COVID-19 na chamada segunda onda. Ainda não há garantias de que o fechamento das fronteiras encerre após essa data, pois ele é reavaliado mensalmente.

Quem pode entrar no Canadá agora?

A maioria dos estrangeiros está proibida de entrar no Canadá neste momento, mas há uma série de isenções à proibição de viagens.

Os seguintes grupos podem cruzar a fronteira com o Canadá por via aérea ou terrestre:

  • Cidadãos canadenses e residentes permanentes canadenses;
  • Membros da família imediata de cidadãos canadenses e residentes permanentes canadenses que estão viajando para o Canadá por motivos não discricionários;
  • Parentes estendidos e parceiros de longo prazo de cidadãos canadenses e residentes permanentes (ou seus parceiros) que solicitam autorização por escrito do IRCC;
  • Familiares imediatos de residentes temporários no Canadá que recebem autorização por escrito do IRCC; trabalhadores temporários que possuem uma autorização de trabalho válida ou que foram aprovados para uma autorização de trabalho, mas ainda não receberam o trabalho licença (observe que flagpoling não é permitido neste momento, consulte abaixo para obter mais detalhes);
  • Os participantes do IEC que ainda não ativaram suas autorizações de trabalho devem ter uma oferta de trabalho válida para entrar, esta oferta de trabalho não precisa ser um setor essencial;
  • Participantes do IEC que já ativaram suas autorizações de trabalho e estiveram fora do país temporariamente não exigem uma oferta de trabalho válida para entrar novamente. * (Observe que relatórios anedóticos sugerem que a equipe da companhia aérea e os oficiais de fronteira ainda podem negar a entrada sem prova de uma conexão com o Canadá, como emprego, moradia ou família);
  • Estudantes internacionais que frequentam uma Instituição de Aprendizagem Designada (DLI) que está na lista aprovada (escolas que um plano de prontidão para COVID-19) e ter uma permissão de estudo válida ou uma carta de apresentação mostrando que foram aprovados para uma permissão de estudo;
  • Aqueles que receberam permissão especial para entrar por motivos de compaixão. (Visitar parentes em tratamento terminal, funerais e situações correlacionadas)

Fonte: IRCC

Há outras isenções excepcionais listadas que você pode consultar clicando aqui.

Plano de quarentena para quem esta chegando

Quarentena obrigatória: Atualmente, qualquer pessoa que entrar no Canadá será forçada a entrar em uma quarentena obrigatória de 14 dias. Lembramos que esta quarentena está sendo aplicada de forma bem rígida e aqueles que quebrarem a mesma podem estar sujeitos a multas e pena de prisão.

Certas isenções serão feitas para trabalhadores essenciais e em certas situações de compaixão. Locais selecionados no Canadá estão testando um novo formato para quarentena obrigatória com isolamento obrigatório reduzido combinado com testes.

Plano de isolamento: se você está planejando entrar no Canadá, deve preparar um plano de isolamento detalhando como ficará em quarentena por 14 dias após a chegada. Se você não tiver um plano de isolamento em vigor, sua entrada será negada. Você também deve usar uma máscara durante a viagem do porto de entrada ao local de isolamento.

Requerentes de asilo: o Canadá está implementando um novo programa de imigração que permitirá aos requerentes de asilo que trabalham em funções críticas de saúde durante o COVID-19 para solicitar o status de residente permanente. Detalhes completos aqui. Na sexta-feira, 20 de março, o primeiro-ministro Trudeau anunciou que, até novo aviso, os requerentes de asilo que cruzam irregularmente a fronteira dos EUA com o Canadá serão devolvidos aos Estados Unidos.

Concluindo

O COVID-19 continua sendo um tema delicado e ainda incerto até que promessas para uma vacina ou quedas realmente significativas nos casos de contaminação sejam verificados. O Canadá tem tentado manter seus números controlados para o bem geral da população, mesmo que para isso tenha de sacrificar algumas áreas importantes como turismo e serviços.

Independentemente desta situação, a imigração canadense continua atuando para manter seu fluxo de imigrantes, necessário para manter sua economia no mesmo ritmo de crescimento. Não há razões para acreditar que esse ritmo de chamadas vai cair, haja vista a recente declaração de que o Canadá precisa de pelo menos 1.200.000 novos imigrantes até 2023.

Leia também: Canadá lança seu Plano de Níveis de Imigração 2021-2023

Precisa de ajuda em seu processo de imigração durante a pandemia? Entre em contato no conosco clicando aqui.

OFERTAS

Black Friday

CURSOS DE IDIOMAS COM ATÉ 40% OFF

PROMOÇÃO VÁLIDA ATÉ 30 DE NOVEMBRO (ESCOLAS CREDENCIADAS) 

QUERO RECEBER

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: