fbpx
novo plano de niveis de imigracao do canada - Canadá: O que esperar do novo Plano de Níveis de Imigração?

Canadá: O que esperar do novo Plano de Níveis de Imigração?

Por que o Canadá deve seguir seu plano pré-COVID de atingir mais de 341.000 novos imigrantes em 2021 e o como o anúncio do novo Plano de Níveis de Imigração do Canadá nesta próxima sexta 30 de outubro vai impactar na vida dos novos imigrantes.


O que esperar no novo Plano de Níveis de Imigração do Canadá

Em breve, o Canadá fará um grande anúncio que moldará sua trajetória econômica nos próximos anos. Nesta próxima sexta-feira, o ministro da imigração, Marco Mendicino, revelará o novo Plano de Níveis de Imigração do Canadá, que detalha o número de recém-chegados que o país pretende receber em 2021.

Leia também: “Plano de níveis de imigração do Canadá 2020-2022: O que ele representa para os imigrantes?”

Desde o final da década de 1980, governos liberais e conservadores aumentaram gradualmente o número de recém-chegados no Canadá. A justificativa é simples. Os recém-chegados ajudam a compensar os impactos econômicos e fiscais negativos criados pelo envelhecimento da população canadense e pela baixa taxa de natalidade.

A pandemia de coronavírus fará com que o Canadá fique bem aquém da meta de 341.000 recém-chegados que havia definido para 2020.

Intuitivamente, podemos pensar que não faz mais sentido ter como alvo um nível comparável de imigração no próximo ano. Como as fronteiras foram fechadas para conter o vírus o Canadá teve um desempenho mais fraco em sua economia e consequentemente um maior nível de desemprego. Contudo, reduzir reduzir o volume de imigração devido ao COVID-19 seria um erro pelos seguintes motivos.

Taxa de natalidade

A pandemia não mudou a necessidade de acolher os recém-chegados para repor os mais de 9 milhões de baby boomers que estarão em idade de aposentadoria em 2030. Nossa taxa de natalidade é muito baixa para reabastecer os boomers e fala-se que a incerteza econômica causada pela pandemia pode induzir uma mudança ou adiamento nos planos de um primeiro ou segundo bebê.

Nesse sentido, podemos argumentar que o aumento da imigração é agora ainda mais importante. A atividade econômica vai enfraquecer ainda mais se o Canadá não puder contar com novos bebês em seu território.

Novas formas de estudar e trabalhar

Teremos de contar mais com os avanços tecnológicos para atender às nossas necessidades futuras de força de trabalho, mas ainda precisamos de canadenses e imigrantes talentosos para apoiar os avanços da tecnologia. Além disso, a economia do Canadá só pode crescer tanto na ausência do crescimento da força de trabalho que estava sendo alimentado pela imigração antes da pandemia.

Endividamento público

A dívida do governo está aumentando para manter a economia à tona durante a pandemia, e as gerações futuras precisarão ajudar a pagar essa conta, conseqüentemente, receber mais imigrantes será vital para apoiar o crescimento de que precisaremos para reverter nossa sorte econômica e fiscal pós-COVID.

OFERTAS

Black Friday

CURSOS DE IDIOMAS COM ATÉ 40% OFF

PROMOÇÃO VÁLIDA ATÉ 30 DE NOVEMBRO (ESCOLAS CREDENCIADAS) 

QUERO RECEBER

Pode-se argumentar legitimamente que não é sensato receber mais imigrantes durante um período de alto desemprego. Todavia, a refutação para esse argumento é que a imigração estimula a criação de empregos no curto prazo, à medida que os recém-chegados gastam dinheiro para se estabelecerem no Canadá consumindo bens e serviços.

Leia também: “Canadá mantém recuperação econômica com mais imigrantes empregados em setembro”

A criação de empregos se acelerará quando a pandemia acabar. Precisamos começar a nos preparar para a recuperação econômica pós-COVID agora. Antes da pandemia, o Canadá desfrutava de algumas das taxas de desemprego mais baixas de todos os tempos, em parte devido ao envelhecimento da população e à baixa taxa de natalidade. Eventualmente, voltaremos a um desemprego relativamente baixo e precisaremos de imigrantes para preencher as vagas.

Atrair talentos continua sendo a melhor estratégia para o governo canadense

Um novo estudo do departamento de imigração de Mendicino mostra que os imigrantes que chegaram recentemente ao Canadá como trabalhadores qualificados estão tendo um desempenho excelente no mercado de trabalho. Visto que estamos atraindo o melhor dos melhores, não devemos nos preocupar muito com a capacidade desses imigrantes de eventualmente pousar no Canadá.

Leia também: “Estudo: Dados surpreendentes sobre crianças imigrantes que se tornam adultos no Canadá

Concluindo

Por fim, proteger a saúde e a segurança dos canadenses continua sendo a principal prioridade. Devemos estar certos de que isso continuará assim, independentemente da meta que Mendicino irá anunciar na sexta-feira.

A meta não significa necessariamente que o Canadá dará as boas-vindas a esse número de recém-chegados no próximo ano se a pandemia persistir. Em vez disso, o Canadá pode enumerar sua meta de imigração, mas apenas permitir que os canadenses de amanhã entrem fisicamente no país quando os especialistas em saúde pública considerarem que isso pode ser alcançado com segurança.

A imigração foi importante para a prosperidade econômica do Canadá antes do COVID-19 e deve desempenhar um papel ainda maior em nossa saúde econômica e fiscal após a pandemia. O governo canadense faria bem em manter o curso sobre a imigração. A melhor decisão seria anunciar metas de imigração para 2021 e além que estejam de acordo com o nível de admissões de recém-chegados que o Canadá almeja antes da pandemia.

Precisa de ajuda em seu projeto de imigração durante a pandemia? Entre em contato com conosco agora e tire do papel seu plano Canadá! Saiba mais clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: