fbpx
melhor caminho para o canada2 - O Canadá passará a oferecer mais opções de residência permanente para quem já está no país

O Canadá passará a oferecer mais opções de residência permanente para quem já está no país

O ministro da imigração canadense, Marco Mendicino, declarou que é importante para o Canadá identificar como pode acelerar os caminhos para a residência permanente de estudantes internacionais, trabalhadores estrangeiros temporários e requerentes de asilo que já estão no país.


Notícia mais que bem vinda

Após o anúncio de que o Canadá receberia mais de 400.000 imigrantes por ano nos próximos três anos, o ministro da Imigração, Marco Mendicino, disse ao canal de notícias econômicas Bloomberg que o governo federal fará um anúncio sobre isso em breve.

Leia também:Canadá lança seu Plano de Níveis de Imigração 2021-2023

Por que essa mudança é necessária

O ministro da imigração disse que é importante para o Canadá identificar como pode acelerar os caminhos para a residência permanente de estudantes internacionais, trabalhadores estrangeiros temporários e requerentes de asilo que já estão no país.

Isso é necessário para aliviar os desafios econômicos que o Canadá enfrenta atualmente, em parte devido aos níveis mais baixos de imigração causados ​​pela pandemia de COVID-19.

O declínio nos níveis de imigração do Canadá desacelerou a população, a força de trabalho e o crescimento econômico.

Residentes permanentes e temporários caíram significativamente este ano. Após um aumento líquido de mais de 190.000 residentes temporários em 2019, no primeiro semestre de 2020 esse número diminuiu para 18.221. O número de residentes permanentes caiu 60% ano a ano, de acordo com dados do governo de agosto.

Canadá deve ficar aquém da meta de imigração de 2020

Com base em seu ritmo atual, o Canadá deve receber apenas 200.000 ou mais residentes permanentes este ano, o que é muito menos do que os 341.000 que almejava antes da pandemia do coronavírus.

Isso já desacelerou o crescimento total da população do Canadá, que era de apenas 0,1%o no segundo trimestre de 2020. A população do Canadá geralmente cresce mais de um por cento ao ano.

Mendicino disse à Bloomberg que tornar os residentes temporários permanentes atenderá às necessidades de curto prazo do Canadá para responder ao coronavírus. Ele também disse que ajudará a enfrentar os desafios demográficos de longo prazo do Canadá, que incluem o envelhecimento da população e a baixa taxa de natalidade.

Esses dois fatores significam que mais lacunas serão criadas no mercado de trabalho à medida que a população idosa se aposentar. Com uma baixa taxa de crescimento natural, o Canadá precisará de imigrantes para sustentar a população e garantir que as vagas abertas na força de trabalho sejam preenchidas.

O governo vai olhar para o talento estrangeiro que já está no Canadá para encontrar os requerentes de asilo, estudantes e trabalhadores que tenham as habilidades que se alinham com os serviços essenciais da economia, Mendicino disse à Bloomberg.

OFERTAS

Black Friday

CURSOS DE IDIOMAS COM ATÉ 40% OFF

PROMOÇÃO VÁLIDA ATÉ 30 DE NOVEMBRO (ESCOLAS CREDENCIADAS) 

QUERO RECEBER

Ele também disse que os estudantes de outros países são “particularmente atraentes” como potenciais contra-ataques aos efeitos do envelhecimento da população. Por causa disso, o governo está facilitando o trabalho deles no Canadá.

Por exemplo, o Canadá está permitindo o estudo online em uma instituição de ensino designada pelo Canadá entre maio de 2020 e abril de 2021 para contar para a futura elegibilidade da Permissão de Trabalho de Pós-Graduação (PGWP).

Leia também: PGWP: Governo canadense anuncia medidas importantes para cursos online

O PGWP é cobiçado entre os estudantes internacionais porque permite que eles ganhem a experiência de trabalho canadense de que muitas vezes precisam para se qualificar para uma série de programas de imigração de classe econômica.

Esses programas incluem Express Entry,  Canadian Experience Class, o Provincial Nominee Program (PNP)Quebec Experience Program.

O Canadá também abriu recentemente suas fronteiras para alunos matriculados em turmas de pós-secundários que têm planos de preparação para o coronavírus.

Leia também: COVID-19: Estudantes e familiares agora podem viajar para o Canadá

Os benefícios da experiência canadense

Existem dois benefícios principais em oferecer mais caminhos de RP para os estudantes existentes, trabalhadores estrangeiros e requerentes de asilo no Canadá. No curto prazo, isso compensará o declínio temporário na imigração causado pela pandemia, o que apoiará o crescimento econômico.

No longo prazo, beneficiará o Canadá, porque os imigrantes com experiência canadense tendem a ter bons resultados no mercado de trabalho.

A combinação de ter educação canadense, experiência de trabalho, redes sociais e profissionais e fluência em inglês e / ou francês resulta em uma integração mais rápida no mercado de trabalho e altos salários em longo prazo.

Isso foi demonstrado em vários estudos conduzidos por Statistics Canada, Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) e outros pesquisadores. Como resultado, os critérios de seleção usados ​​pelo IRCC, províncias e territórios sob o PNP e por Quebec dão preferência a candidatos com trabalho canadense e experiência de estudo.

Leia também:Imigrantes PNP e CEC se saem melhor no mercado de trabalho afirma estudo

Como podem ser estas mudanças?

O ministro não deu a entender o que as mudanças podem acarretar, mas suas opções podem incluir um ou mais dos seguintes pontos:

  • Lançamento novos programas-piloto federais;
  • Realização de mais sorteios de entrada expressa específicos com critérios no Comprehensive Ranking System (CRS) que possam fornecer mais pontos para quem tem a experiência canadense;
  • Modificar os critérios de elegibilidade para programas federais (por exemplo, reduzir o requisito de experiência de trabalho para o Canadian Experience Class);
  • Estender a duração da autorização de trabalho temporária para dar aos candidatos mais tempo para obter a experiência de trabalho canadense de que precisam para se qualificarem para se inscrever em um programa de imigração, como o Canadian Experience Class.

O ministro e o IRCC não forneceram quaisquer outras indicações sobre as reformas que têm em mente, portanto, as partes interessadas precisarão aguardar a palavra oficial do governo federal.

Concluindo

É importante frisar que todos os pontos levantados são posicionamentos ainda estão em discussão e como a atual crise de saúde púbica ainda esta gerando algumas incertezas, muitos destes podem ou não ser colocados em prática.

A única certeza que temos nesse momento é que a pandemia causou e continua causando atrasos e redução nas projeções de imigração canadense e esse fato por si só já tem bastante peso no momento em governo do Canadá precisa manter seu nível de crescimento.

Nesse contexto, é provável que governo tome algumas providências dada as limitações para importar mão de obra estrangeira em razão das restrições impostas pelo ministério da saúde.

Para muitos residentes temporários, seja como estudante ou trabalhador estrangeiro, o cenário de pandemia pode vir a ser uma grande oportunidade de acelerar o processo para a tão sonhada residência permanente.

Precisa de ajuda em seu projeto de imigração durante a pandemia? Liga, escreve ou manda um inbox para a gente hoje mesmo. Clique aqui para mais informações.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: