Viajantes com destino ao Canadá precisarão de um teste COVID-19 negativo

Governo canadense anuncia obrigatoriedade de triagem com apresentação de PCR negativo para todos os viajantes a partir de 7 de janeiro. Mas atenção, o teste não substituirá o requisito de quarentena de 14 dias. Continue lendo este post para saber mais.


Além da matéria, que você pode conferir ao longo deste post, também gravamos um vídeo com André Salles (Diretor da Neway) explicando como funciona o Plano de Quarentena Canadense para brasileiros que estejam retornado de destinos internacionais.

Assista abaixo:

Mais medidas de prevenção chegando

O Canadá agora exigirá que os viajantes que chegam ao país obtenham um teste COVID-19 negativo três dias antes da chegada. O teste deve ser um teste de PCR, que atualmente é considerado o teste de coronavírus mais eficaz.

Todos os passageiros aéreos com cinco anos ou mais serão afetados por esta medida.

Antes de embarcar em um voo para o Canadá, os viajantes deverão apresentar um teste COVID-19 (PCR) negativo com menos de 72 horas.

Além disso, haverá mais oficiais de fronteira nos portos de entrada do Canadá para garantir que aqueles que chegam entendam as novas regras. Segundo o ministro da Saúde Pública, Bill Blair, que também afirmou que isso não substitui a exigência de quarentena de 14 dias. Os detalhes ainda estão sendo finalizados e mais informações devem estar disponíveis na próxima semana.

LEIA TAMBÉM: ArriveCAN: Novo aplicativo obrigatório para quem estiver chegando ao Canadá

É exigido por lei que todos aqueles que chegam ao Canadá devem ficar em quarentena por 14 dias. Isso significa que eles devem ficar dentro de casa o tempo todo e ter um plano de como obterão mantimentos, alimentos e remédios. Aqueles que violarem as regras de quarentena podem pegar até seis meses de prisão ou até CAD $ 750.000 em multas.

No entanto, alguns viajantes podem ter permissão para interromper a quarentena se obtiverem a aprovação do governo antes de viajar para o Canadá. Normalmente, isso ocorre por motivos de compaixão, como ir a um funeral ou passar um tempo com uma pessoa querida em seus últimos momentos.

LEIA TAMBÉM: Viajantes podem deixar o Canadá antes do período de quarentena de 14 dias?

COVID-19 e seus números no Canadá

A nova medida vem depois que o ministro da saúde de Quebec, Christian Dubé, pediu às autoridades federais que intensifiquem a triagem COVID-19 de viajantes que chegam. A província também havia fechado lojas não essenciais.

É também uma resposta ao aumento de casos COVID-19 em todo o país. Tem havido um número crescente de casos conforme o inverno se aproxima, com mais de 602 mil casos totais em 03 de janeiro.

O Canadá começou a administrar as vacinas COVID-19 no início de dezembro, quando o Canadá recebeu seu primeiro lote da vacina Pfizer. A vacina Moderna também começou a chegar ao Canadá.

LEIA TAMBÉM: Canadá acaba de aprovar a vacina para coronavírus produzida pela Pfizer

Até agora, pouco mais de 70.000 vacinas da Pfizer foram administradas em todo o Canadá, de acordo com um rastreador de vacinas criado por um estudante da Universidade de Saskatchewan, com base em atualizações provinciais.

Lista de verificação para viajantes ao Canadá

  • Os viajantes devem ter um teste PCR negativo para COVID-19 obtido até três dias antes da viagem.
  • Os viajantes devem ter um plano de quarentena de 14 dias. Eles devem saber como pretendem chegar ao local de quarentena e como pretendem obter itens essenciais, como alimentos, mantimentos ou remédios.
  • Os viajantes devem instalar o aplicativo móvel ArriveCAN antes de viajar para o Canadá. Eles devem fornecer informações pessoais, bem como os detalhes de seu voo. Eles também devem preencher uma autoavaliação diária no aplicativo.

E como fica quem não conseguir fazer o teste

Aqueles que não conseguiram obter o teste estarão sujeitos, ao chegarem ao Canadá, à quarentena em um centro designado pelo governo federal em seu ponto de chegada. Ainda não temos detalhes sobre esse ponto que deverá ser esclarecido ainda esta semana.

LEIA TAMBÉM: Canadá oferece um guia para estudantes internacionais que chegam durante o COVID-19

Vôos para o Canadá com conexões

Outro detalhe importante que deve ser levando em consideração é que passageiros que tiverem conexões em seus vôos para o Canadá terão de seus testes invalidados e serão obrigados a permanecer no local em um centro aprovado pelo governo federal e supervisionado por funcionários do governo federal, até que o teste seja obtido no Canadá.

Precisa de ajuda em seu processo de imigração durante a pandemia? Entre em contato no conosco clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Compartilhe
Share on linkedin
Compartilhe
Share on telegram
Compartilhe
VEJA TAMBÉM

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
AO VIVO

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.