Viajantes podem deixar o Canadá antes do período de quarentena de 14 dias?

A maioria das pessoas já deve estar familiarizada com as regras de quarentena para viagens internacionais. Mas você sabe se os viajantes são obrigados a permanecer 14 dias completos ou podem sair do país mais cedo? Para responder a essa pergunta continue lendo este post.


Além da matéria, que você pode conferir ao longo deste post, também gravamos um vídeo com André Salles (Diretor da Neway) explicando como funciona o Plano de Quarentena Canadense para brasileiros que estejam retornado de destinos internacionais.

Assista abaixo:

Como funciona o processo de quarentena no Canadá

Antes de responder a pergunta acima, é preciso entender como funciona o processo de quarentena. Segundo regras estabelecidas pelo governo canadense, todos os viajantes para o Canadá que têm permissão para entrar devem ficar em quarentena por 14 dias. O não cumprimento deste procedimento pode resultar em seis meses de prisão ou até CAD $ 750.000 em multas.

Os viajantes devem permanecer em seu local de quarentena e isolar-se. Eles devem ter um plano para acessar os itens necessários, como mantimentos, alimentos e remédios, sem sair. Eles também não devem usar nenhuma área comum. Além disso, não estão autorizados a receber hóspedes, mesmo que fiquem a dois metros de distância.

Aqueles que estão em quarentena só podem sair se tiverem uma emergência médica ou se tiverem recebido pré-aprovação antes de viajar para o Canadá.

LEIA TAMBÉM: Canadá oferece um guia para estudantes internacionais que chegam durante o COVID-19

Se os viajantes moram com outras pessoas, eles devem ter seu próprio quarto e banheiro. Eles também devem ter interações limitadas com as pessoas com quem vivem, manter distância e limpar as áreas comuns após cada uso. Se eles pretendem ter contato próximo, sem usar máscara e não praticar distanciamento físico com outros membros da família, então outros membros da família também devem entrar em quarentena.

Viajantes podem sair país sem ter de esperar por 14 dias?

A resposta curta é sim, eles podem sair mais cedo, mas devem permanecer em quarentena durante toda a sua estadia.

Veja a seguir trechos da reportagem feita pela rede de TV Canadense CTVNews.ca

De acordo com a regulamentação do governo federal sobre o isolamento obrigatório, “uma pessoa que deve ficar em quarentena … pode deixar o Canadá antes de expirar o período de quarentena de 14 dias se ficar em quarentena até sair do país.”

LEIA TAMBÉM: ArriveCAN: Novo aplicativo obrigatório para quem estiver chegando ao Canadá

Quando questionado sobre mais clareza sobre como sair mais cedo, um porta-voz da Agência de Saúde Pública do Canadá (PHAC) disse ao CTVNews.ca em um e-mail que: “Todos os viajantes para o Canadá devem ter um plano de quarentena que mostra como eles ficarão em quarentena por 14 dias quando eles chegam no Canadá. Este plano é obrigatório, mesmo que não apresente sintomas.

Se viajantes não têm um plano nem a intenção de ficar por 14 dias, eles não devem viajar para o Canadá, pois podem não ter permissão para entrar no país.”

Outros casos

As restrições de fronteira não se aplicam a cidadãos canadenses, residentes permanentes e pessoas registradas sob a Lei Indígena. O site da PHAC afirma que esses viajantes “podem entrar no Canadá por direito e não precisam de isenção para as restrições de fronteira”.

A quarentena obrigatória ou período de isolamento ainda se aplica, no entanto. Membros da família imediata ou extensa de cidadãos, residentes permanentes ou pessoas registradas sob a Lei do Índio do Canadá que desejam permanecer por menos de 15 dias no Canadá devem viajar para o Canadá por um motivo não discricionário.

O governo tem uma lista detalhada de estrangeiros que podem entrar no Canadá; estes incluem alunos que viajam regularmente entre o Canadá e os EUA para estudar, filhos dependentes que têm acordos de custódia transfronteiriça e aqueles que vêm para o Canadá por motivos de compaixão, por exemplo.

LEIA TAMBÉM: COVID-19: Estudantes e familiares agora podem viajar para o Canadá

Mesmo se um viajante estiver qualificado para viajar para o Canadá, ele não poderá entrar se tiver COVID-19 ou exibir sinais e sintomas do coronavírus.

O governo federal também oferece exceções para quando um viajante pode receber uma liberação limitada da quarentena – como comparecer a um funeral ou aos momentos finais de um ente querido. Cada viajante individual deve receber aprovação prévia para as restrições de fronteira e liberação limitada da quarentena antes de viajar.

Um cidadão estrangeiro seria impedido de entrar se, por exemplo, a província ou território notificasse por escrito o ministro da saúde contestando a liberação antecipada, observou o porta-voz do PHAC.

Se um viajante planeja partir antes de seus 14 dias, mas exibe sintomas COVID-19 em sua partida e não tem permissão para voar, ele deve esperar até 14 dias se passaram e eles não apresentam mais sintomas, ou mostrar um atestado médico que confirma que os sintomas não estão relacionados ao coronavírus.

Precisa de ajuda em seu processo de imigração durante a pandemia? Entre em contato no conosco clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Compartilhe
Share on linkedin
Compartilhe
Share on telegram
Compartilhe
VEJA TAMBÉM

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
AO VIVO

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.