Imigração canadense em 2021: o que podemos esperar?

Aqui está uma prévia do que podemos esperar do sistema da imigração canadense após um ano turbulento. 2020 foi o ano da pandemia do coronavírus, que continua a ter um impacto significativo no sistema de imigração do Canadá ainda durante este ano de 2021. Continue lendo post para saber mais.


Um ano para ficar na memória

Depois de receber 341.000 novos imigrantes em 2019, o Canadá continuou a aceitar altos níveis de novos imigrantes no início do ano passado, mas o sistema de imigração foi completamente revirado quando o COVID-19 emergiu como uma crise global em março de 2020.

As restrições de viagens COVID-19 do Canadá estão em vigor desde 18 de março, limitando o número de estrangeiros que podem entrar no país. No entanto, o sistema Express Entry, Provincial Nominee Programs (PNP), imigração através do Quebec e outras formas de processamento de imigração continuam a funcionar.

A natureza fluida da crise do coronavírus significa que ainda há muita incerteza quanto ao que podemos esperar do sistema de imigração do Canadá em 2021. Mas mesmo com esse turbilhão de especulações, ainda existem certezas que irão beneficiar o Canadá e os futuros recém-chegados em 2021.

Vacina para o COVID-19

O sistema de imigração do Canadá não voltará ao normal até que a pandemia termine. Felizmente, o fim da pandemia está próximo devido ao surgimento e aprovação de várias vacinas.

O Canadá iniciou a maior campanha de vacinação de sua história em dezembro e tem como objetivo vacinar todos aqueles que desejam a inoculação de COVID-19 até setembro de 2021.

A vacinação dos residentes do Canadá será um componente para retornar o país e seu sistema de imigração ao normal. O outro componente é garantir que a população global e os estrangeiros que viajam para o Canadá fiquem livres do vírus.

LEIA TAMBÉM: Canadá acaba de aprovar a vacina para coronavírus produzida pela Pfizer

Restrições continuam em 2021

As restrições de viagens implementadas pelo Canadá ao longo de 2020 fornecem uma ideia das políticas do COVID-19 que ele poderia continuar a aplicar, mesmo quando a disseminação do coronavírus comece a diminuir.

Por exemplo, o Canadá poderia continuar a manter sua lei de quarentena de 14 dias, bem como a exigência de obter um teste COVID-19 negativo antes de viajar para o Canadá, para ajudar a limitar a propagação do vírus dentro de suas fronteiras.

É importante enfatizar que a crise não afetou o compromisso retumbante do Canadá em receber imigrantes, trabalhadores estrangeiros temporários e estudantes internacionais.

Na verdade, o Canadá dobrou esse compromisso devido à crise. Sob seu novo Plano de Níveis de Imigração 2021-2023, o Canadá pretende receber mais de 400.000 novos imigrantes por ano, que é o nível mais alto de sua história.

LEIA TAMBÉM: Canadá lança seu Plano de Níveis de Imigração 2021-2023

Embora seja difícil imaginar que o Canadá será capaz de atingir essa meta em 2021 enquanto a pandemia continua, as metas mais altas permitem que os governos federal e provincial do Canadá continuem a realizar sorteios de imigração e processar solicitações.

A razão para isso é que, mesmo que o Canadá não seja capaz de receber fisicamente tantos novos imigrantes quantos desejar em 2021, ele pode fornecer a eles as aprovações necessárias para que possam se mudar para o Canadá em uma data posterior.

O Pós vacinação

O surgimento de vacinas, no entanto, permite ao governo canadense explorar possíveis mudanças em suas restrições a viagens. Por exemplo, o Canadá pode explorar o levantamento das restrições de viagem para recém-chegados que receberam uma vacina COVID-19 e que também apresentaram um teste COVID-19 negativo antes de entrar no país.

LEIA TAMBÉM: Viajantes com destino ao Canadá precisarão de um teste COVID-19 negativo

O levantamento de tais restrições ajudaria a recuperar os fluxos de recém-chegados, o que daria à economia do país um impulso muito necessário. A justificativa por trás do Plano de Níveis de Imigração 2021-2023 é que um aumento significativo no número de recém-chegados do Canadá é necessário para apoiar a recuperação econômica pós-COVID do Canadá.

Sistema de Imigração

Devemos ter uma imagem mais clara da direção do sistema de imigração do Canadá em algum momento de janeiro. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, deve fornecer aos membros de seu gabinete novas cartas de mandato.

Isso foi adiado pela pandemia, mas é possível que as cartas sejam finalmente reveladas este mês. Nesse caso, uma nova carta de mandato ao Ministro da Imigração, Marco Mendicino, delineará as prioridades que o Departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC) buscará nos próximos anos.

Outra certeza é que o IRCC confirmou que a loteria do Programa de Pais e Avós (PGP) para a entrada de 2020 ocorrerá no início de 2021, provavelmente neste mês.

LEIA TAMBÉM: 2021 começa com algumas mudanças importantes para imigração no Quebec

Até 10.000 candidatos serão convidados a enviar pedidos de patrocínio para trazer seus pais e avós para o Canadá. Mais tarde neste ano, o IRCC abrirá a janela de admissão do PGP 2021 e realizará outra loteria para convidar até 30.000 candidatos a patrocinar seus pais e avós.

É justo esperar que o IRCC e as províncias e territórios do Canadá busquem normalizar o sistema de imigração da melhor maneira possível em 2021. No mínimo, podemos esperar que 2021 seja um ano menos turbulento do que 2020.

Precisa de ajuda em seu projeto de imigração durante a pandemia? Entre em contato com conosco agora e tire do papel seu plano Canadá! Saiba mais clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Compartilhe
Share on linkedin
Compartilhe
Share on telegram
Compartilhe
VEJA TAMBÉM

Inscreva-se em nossa Newsletter

garota morena apontando para cima
BUSCA
Categorias
AO VIVO

desculpe-nos :(

Sessão indisponível no momento, tente mais tarde.