fbpx
entrevista de emprego no canada - Como obter uma oferta de emprego antes de chegar ao Canadá

Como obter uma oferta de emprego antes de chegar ao Canadá

É possível conseguir uma oferta de emprego antes de se mudar para o Canadá? A resposta é sim, mas é bom estar ciente de que você vai precisar mais do que um bom currículo para isso. Com o Canadá em em franca expansão buscando por profissionais qualificados todos os dias, milhares de profissionais do mundo estão mirando no mesmo alvo. Se você quer realmente entrar nessa briga, o primeiro passo é começando por este post.


Além da matéria, que você pode conferir ao longo deste post, também gravamos um vídeo com nossa Coach de Carreira Lina Donnard explicando como funciona o mercado de trabalho no Canadá.

Assista abaixo:

Pontos que devo considerar antes de trabalhar no Canadá?

É compreensível que qualquer candidato a imigração canadense deseje ter a segurança e o conforto de chegar ao país já empregado, mas é bom deixar claro que ir empregado não significa necessariamente bem empregado. Para muitos que chegam aqui, atuar em suas respectivas áreas profissionais de origem e na mesma posição pode ser um luxo concedido apenas aos que realmente se preparam.

E se vamos falar sobre como garantir uma oferta de emprego antes de desembarcar, precisamos antes fazer uma pequena introdução sobre os impactos no processo de imigração canadense quando você esta vindo de “carteira assinada” nas mãos.

Mas porque é importante falar disso agora? a resposta é simples, trabalhar em um país como estrangeiro pode ser fácil nos primeiros anos se você não tem a intenção de permanecer no país, mas sendo bem franco, você vai ver rapidinho que o status de residente temporário acabará sendo um pouco complicado a medida em que vai criando vínculos.

Na verdade, carreira e imigração estão sempre de mãos dadas no Canadá e é pouco provável que seu interesse pelo assunto não seja instigado logo que comece a sentir a sensação de que falta algo mais sólido para pisar enquanto trabalha.

Vivendo como residente temporário no Canadá

Pouco se fala a esse respeito, uma vez que a residência temporária é algo muito conveniente ao governo do Canadá, mas nem tanto para quem possui esse status no país. Para entender isso melhor vou colocar sob a ótica de quem governa o país. Como estrangeiro você irá produzir com sua força de trabalho e irá gerar rendimentos para os empregadores locais, também irá consumir bens e serviços, assim como pagará impostos.

Para o governo isso muito bom, pois ele não terá qualquer uma obrigação de renovar seu status, não terá que colocar você na conta de despesa previdenciária e de saúde dele e ainda vai limitar uma série de benefícios a você. Cabe a você mudar essa situação, mas terá de provar ao governo que o Canadá precisa mesmo de você.

Sob a ótica das empresas isso já muda um pouco, pois se você esta sendo considerado um talento nato por seu atual empregador, é coerente pensar que ele queira mante-lo na empresa o máximo que puder, afinal, importar, adaptar e capacitar empregados estrangeiros tem um custo. Ter alguém que já chegue fazendo e acontecendo é muito mais conveniente.

Felizmente, seu empregador tem poderes para ajuda-lo com isso, mas apenas para mante-lo como residente temporário. Como dito antes, resta a você convencer o governo que não apenas seu empregador precisa de você, mas também o Canadá. Vamos ver mais sobre isso a seguir.

Carreira e imigração canadense

Sendo bem direto, conseguir uma oferta de emprego antes de pôr os pés em solo canadense não significa que você vai contornar completamente o processo de imigração, passando por uma via expressa na frente de outros candidatos.

Muitos candidatos não atentam para a chamada “cláusula enganosa” no pacote carreira no exterior e imigração. Esta cláusula afirma que o simples fato de receber uma oferta de emprego de um empregador canadense, não garante que você terá a sua residência permanente inclusa nesse combo, na verdade, o que você ganha são alguns pontos em processos como Canadian Experience Class (CEC), e nada mais além da experiência profissional canadense.

E que isso significa? o Canadian Experience Class é uma dos três processos gerenciados pelo Express Entry, sistema de pontos para entrada expressa de imigrantes no Canadá levando em conta as qualificações do candidatos baseadas em: idade, formação e experiência profissional, o que neste caso, soma pontos em sua aplicação para residência permanente.

Canadian Experience Class

Este programa é baseado na classe de trabalhadores qualificados que já têm experiência de trabalho canadense e desejam se tornar residentes permanentes. Para se qualificar para se inscrever, você deve:

  • Ter pelo menos 1 ano de experiência profissional em tempo integral (ou equivalente) no Canadá;
  • Inscrever-se dentro de 3 anos após obter sua experiência de trabalho qualificado;
  • Ter situação legal enquanto trabalhava ou estudava no Canadá;
  • Atender aos níveis mínimos de idioma em inglês ou francês; e
  • Ter um plano para morar fora da província de Quebec (Sim, fora do Quebec porque esta província tem seu próprio programa para trabalhadores)

Você pode encontrar uma lista detalhada dos requisitos de elegibilidade no site do IRCC clicando aqui.

LEIA TAMBÉM: Imigrantes PNP e CEC se saem melhor no mercado de trabalho afirma estudo

Expectativa versus realidade

A realidade, entretanto, é muito diferente. Boa parte dos empregadores canadense sabem muito pouco ou mesmo não se importam com o seu processo de imigração, para eles esse é um assunto para advogados de imigração. Eles só se preocupam em contratar alguém que possa resolver seus problemas de falta de mão de obra da maneira menos dolorosa possível.

Para um empregador contratar um profissional estrangeiro do exterior, há uma serie de encargos administrativos (incluindo custos) que recaem sobre eles, então se você não for o um candidato que realmente esteja em falta por aqui, a lógica é que eles comecem a buscar no mercado local antes de enfrentar toda a burocracia e custos exigidos pelo governo.

LEIA TAMBÉM: Canadá: Entenda como funciona o LMIA

Mas nem tudo são espinhos em seu caminho, a boa notícia é que há de fato uma grande escassez de certas profissões no mercado, e ela é tão crescente que o próprio governo anuncio recentemente sobre a necessidade de 1.2 milhões de imigrantes até 2023 , uma vez que os canadenses estão ficando mais velhos e com baixas taxas de natalidade a cada ano.

LEIA TAMBÉM: Canadá lança seu Plano de Níveis de Imigração 2021-2023

Primeiros passos até sua oferta de emprego no Canadá

Agora que já entende um pouco mais sobre relação de trabalho e imigração no Canadá, chegou a hora de falarmos sobre seu futuro como aspirante a trabalhador qualificado internacional.

Mas antes, é de suma importância trazermos a questão do idioma para o foco dessa conversa. Quando falamos de um bom perfil para candidatos a vagas no Canadá, falar inglês ou francês com uma desenvoltura profissional é a primeira condição que deve ter em mente antes prosseguir com os passos seguintes.

Sejamos realistas, se você esta buscando um emprego que valorize seu potencial e sua carreira, tenha em mente que seu empregador precisará sentir confiança que não haverá qualquer barreia na comunicação por deficiência de idioma.

E neste ponto ainda cabe mais uma aviso: A menos que já tenha vivido ou estudado fora Brasil ou seu inglês ou francês esteja muito próximo do nativo, sempre haverá algum tipo de barreira inicial com o idioma, pelo menos por alguns meses.

A língua tem suas particularidades em cada país ou cidade e no Canadá isso é ainda mais evidente.

Se você esta seguro quanto ao idioma podemos prosseguir com alguns passos importantes em sua busca por oportunidades no Canadá.

Passo 1: Conecte-se com sua indústria

Procure influenciadores canadenses em seu setor e conecte-se com eles desde o início para estabelecer um relacionamento com eles. O Canadá é um país enorme e Toronto, Vancouver, Calgary e Montreal e muitas outras cidades são centros de negócios prósperos.

Existe uma comunidade para praticamente qualquer indústria da qual você possa fazer parte. Basta pesquisar no Google. Se você é um engenheiro mecânico, por exemplo, procure no Google “Comunidade de engenheiros mecânicos em Toronto”. Em vez de “comunidade”, você pode até tentar “associação”.

LEIA TAMBÉM: Profissões regulamentadas no Canadá: Seu guia

Neste exemplo, surge a Sociedade Canadense de Engenharia Mecânica. Navegue no site e pesquise por qualquer pessoa que encontrar lá. E conecte-se com eles no LinkedIn e comece a construir um relacionamento com eles.

O mesmo vale para fóruns, grupos de WhatsApp e Facebook, neles, é possível achar muita informação útil sobre divulgação de vagas e relatos de quem já atua no país no mesmo seguimento que o seu.

Só lembrado que canadenses não usam o WhatsApp como aplicativo de mensagens ou redes, isso fica restrito a brasileiros. Sim, parece estranho mesmo, mas o que esperar de um povo que ainda usa fax? Vai entender.

Passo 2: Encontre um mentor online

O LinkedIn e outras redes sociais não são a única ferramenta para estabelecer uma rede forte de contatos.

Você também pode se conectar com mentores de seu setor on-line, também conhecido como Coach de Carreira ou Coach Profissional. A há muitos muitos profissionais que chegam ao Canadá por meio de bons relacionamento e acredite, isso funciona muito bem aqui.

A tal experiência canadense já mencionada no texto não serve apenas para ganhar pontos com a imigração, ela é fundamental para que você possa saltar de um emprego para outro. Não subestime o valor de uma boa recomendação dada por um empregador canadense, ela pode valer ouro no mercado de trabalho, mesmo se você foi apenas um bom atendente de McDonalds.

Os mentores online ou coachs possuem muitas conexões em grandes empresas e podem revisar seu currículo focando para as necessidades específicas de cada setor. Esse relacionamento é muito bom para ambos os lados uma vez que muitos headhunters buscam por referencias com estes mentores.

Você pode contactar um mentor-online clicando aqui.

Além disso, eles o treinam para entrevistas e o preparam para absorver o máximo que puder sobre cultura empresarial canadense. Eles podem fazer isso de forma mais otimizada porque já atuaram em posições importantes em grandes empresas, fazendo deles uma referência bastante confiável.

OK, mas eu não contratei um mentor-online para isso e fiz meu dever de casa todo sozinho conseguindo algumas boas conexões. O devo fazer agora?

Passo 3: Faça Networking de verdade

Networking é estabelecer relacionamentos de longo prazo. Não se trata, e repito, não se trata de pedir empregos às pessoas, telefonemas e reuniões de café.

Imagine-se na posição de outra pessoa e você encontra um estranho pela primeira vez e ele lhe pede um favor. Você sairia de seu caminho para ajudar? Se você é uma alma gentil, talvez sim, mas a maioria das pessoas se pergunta “Por que eu deveria? O quê tem pra mim? Eu não tenho tempo! ”

Depois de ter essas conexões, ajude-os e ofereça-lhes valor primeiro:

  • Divulgue suas postagens nas redes sociais.
  • Forneça seus conselhos sobre tópicos comuns de interesse do setor.
  • Compartilhe artigos online com eles e forneça seus comentários e ideias.
  • Se eles fizerem parte de uma comunidade ou associação, ofereça-se para estender qualquer ajuda que puder remotamente.
  • Apresente uma conexão significativa à sua rede online,

Muitas pessoas podem pergunta-lo se você é capaz de ajuda-las em suas redes pessoais. O que você pode oferecer a eles? Pense a respeito.

Você é mais útil para sua rede do que pensa. A lista acima é apenas um começo.

Quanto mais você pesquisar, mais entenderá sobre suas conexões, mais maneiras você encontrará de ser útil para eles.

LEIA TAMBÉM: 10 passos para construir uma carreira internacional

Depois de fornecer valor suficiente, então, e somente então, você pode começar a fazer solicitações de reuniões de café ou video chamadas. Certamente você encontrará uma taxa de resposta bem mais consistente depois disso.

Passo 4: Aplicar para vagas

Tudo isso soa como muito esforço para você? Não posso simplesmente me candidatar a vagas de empregos online?

Quase posso garantir que você obterá resultados ZERO. Essa metodologia quase não funciona para pessoas que já vivem no Canadá.

Coloque-se na posição de gerente de contratação. Digamos que ela esteja olhando os currículos recebidos de 10 candidatos que são todos qualificados para a posição no papel. 9 deles vivem no Canadá, 1 mora na Brasil. Você acha que ela consideraria a pessoa no Brasil logo de cara?

LEIA TAMBÉM: 17 carreiras em demanda no Canadá nos próximos 5 anos

É bem sabido que grande parte do mercado de trabalho está oculto e está sendo preenchido por referências e contratações internas. Sabe aquele história do mentor? Pois é, geralmente eles tem suas cartas na manga. A cereja do bolo fica na mão de pouca gente por aqui. Como disse e repito, relacionamento de longo prazo faz toda a diferença.

Por experiência própria, sempre que ouço um gerente de contratação anunciar uma nova oferta de emprego, a primeira pergunta que ele faz à equipe é “Você conhece alguém?”

“Sim, eu conheço o Carlos. Estive em contato com ele nos últimos 6 meses e ele está muito interessado em nosso seguimento. Pelo que sei, ele é o cara em seu país no que faz. A propósito, ele estará no Canadá em 2 semanas. Devemos definitivamente chamá-lo para uma entrevista. ” – E é aí que você quer estar!

Então, quando eu começo?

Agora, claro!

Mudanças para o Canadá costumavam levar alguns anos para serem processadas, mas desde a adoção do sistema Express Entry, isso acontece muito mais rápido.

LEIA TAMBÉM: Express Entry: mais 5.000 convites em uma rodada histórica de chamadas

Além disso, há vários outros processos provinciais que são mais rápidos. Com eles é possível chegar ao Canadá como trabalhador qualificado e depois de um ano vivendo como residente temporário você estará apto a aplicação para residência permanente.

Garanto que esta é uma das melhores, mais rápidas e baratas formas de se chegar a residência permanente canadense, pois você já estará dentro do jogo sem tantos riscos e expectavas, podendo provar um pouco da cultura canadense antes de se decidir se vai querer ficar ou não.

Se bem que conheço raríssimos casos de pessoas que desistiram de um bom emprego aqui para voltar a vida de antes, mas sou suspeito.

Lembre-se de que fazer networking é estabelecer relacionamentos de longo prazo. Você não conquistará nenhum coração em um mês.

LEIA TAMBÉM: Para qual província do Canadá é mais fácil imigrar?

Não sei quando você pretende mudar para o Canadá, mas se você é um planejador avançado, leve o networking online o mais a sério que puder para ter a segurança do emprego que está procurando.

Fica a dica e boa sorte!

Precisa de ajuda para imigrar para o Canadá como trabalhador qualificado? O que você esta esperando para começar seu projeto? Liga, escreve ou manda um inbox em nossas redes sociais hoje mesmo! Entre em contato com conosco agora mesmo e tire do papel seu plano Canadá! Saiba mais clicando aqui.

Conheça um pouco mais sobre nossos serviços entrando em contato conosco ou acessando nossas redes sociais Facebook e Instagram, ou venha tomar um café com a gente, caso esteja em Montreal.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: